Entenda a bactéria no cérebro que deixou Paulinha em coma

Vocalista do Calcinha Preta está em coma e internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) devido a problemas renais Com informações de...

Vocalista do Calcinha Preta está em coma e internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) devido a problemas renais

Com informações de Hyndara Freitas/Metrópoles

No Brasil, a meningite é considerada uma doença endêmica grave e geralmente transmitida de pessoa para pessoa, pelas das vias respiratórias, por gotículas e secreções do nariz e da garganta, pela ingestão de água e alimentos contaminados e contato com fezes de infectados. Internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) devido a problemas renais, a vocalista do Calcinha Preta, Paulinha Abelha, que segue em coma, foi diagnosticada com a bactéria no cérebro.

Paulinha Abelha | Reprodução/Instagram

A situação da artista tem mobilizado fãs e colegas de trabalho nas redes sociais e em frente ao hospital onde está internada. Mesmo tendo sido transferida para uma unidade referência em São Paulo, seu quadro é grave e preocupante. Ao mesmo tempo, também reacende a preocupação sobre a doença, cujos sintomas (alguns) podem ser combatidos através da vacina, disponível no Sistema Único de Saúde (SUS).

A DOENÇA

A meningite é um processo inflamatório das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. os sintomas variam, sendo os mais comuns: dor de cabeça, febre, rigidez do pescoço, náusea, vômito, mal estar, confusão mental e manchas vermelhas na pele. No caso das virais, o tratamento é sintomático.

Já a bacteriana exige o uso de antibiótico. Quanto mais cedo o diagnóstico, maior o sucesso no tratamento.

VEJA MAIS
PREVENÇÃO

Existem vacinas para prevenir alguns tipos de meningites bacterianas, disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS). A tipo C deve ser administrada nos primeiros meses de vida dos bebês (duas doses aos 3 e 5 meses de idade e um reforço aos 12 meses).

A vacina pneumocócica 10 valente (Pncc 10) deve ser aplicada duas doses aos 2 e 4 meses e um reforço aos 12 meses. Nos casos dos tipos A, B, Y e W 135, só é possível obter por meio das clínicas particulares.

Para os casos de meningites virais, não existe prevenção.

Veja mais em diariosobralense.com

Related

Celebridades 516474913027794343

Veja também

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook

Acompanhe-nos!


Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item