This is default featured slide 1 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 2 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 3 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

domingo, 11 de abril de 2021

Decreto de isolamento social é prorrogado em Sobral até 18 de abril; confira as novidades

O Prefeito de Sobral, Ivo Ferreira Gomes, prorroga o isolamento social até 18 de abril. Confira os detalhes:





Mofo: fungos causam alergia e até doenças psiquiátricas

O mofo é um inquilino indesejado que vira e mexe a gente descobre que está hospedando em nossas casas e também nos ambientes de trabalho. Os mofos são fungos, de tipos variados, que aparecem em alimentos estragados ou ambientes com umidade.

Além do mau cheiro de alguns, dos danos que causam às roupas, móveis e casas, esses fungos também são, e muito, prejudiciais à saúde.  (Foto: reprodução)

Além do mau cheiro de alguns, dos danos que causam às roupas, móveis e casas, esses fungos também são, e muito, prejudiciais à saúde.

A diminuição da temperatura faz as pessoas deixarem as janelas e portas fechadas, o que pode causar grandes problemas, pois desta forma irão manter a umidade dentro do ambiente.

É necessário abrir as janelas e portas, de todos os móveis, como armários e guarda-roupas, para que entre luz natural e ventile. Também é recomendável expor roupas e cobertores ao sol. Os grandes aliados do mofo são a umidade e a pouca ventilação, então manter o ambiente sempre seco e arejado é essencial!

O frio e o tempo seco podem fazer com que a umidade dentro dos imóveis passe despercebida, causando grandes estragos. As roupas e os ambientes podem ser danificados de forma severa nesse período, assim como a sua saúde.

Tipos de doenças causadas pelo mofo

Entre os problemas respiratórios mais conhecidos que podem ser causados ou agravados pelos fungos estão a asma alérgica, rinite alérgica, sinusite fúngica, aspergilose broncopulmonar alérgica, micose bronco pulmonar alérgica e alergias.

Mas, existem doenças ainda mais graves que podem atingir as pessoas que são causadas pelos fungos do mofo. A doença causada pelo mofo tóxico é uma condição muito predominante e pouco diagnosticada.

As reações podem ser muito variadas, inclusive com sintomas exclusivamente psiquiátricos, como depressão, ansiedade, problemas de atenção, falta de clareza mental e insônia.

Alergias a mofo e Toxicidade por mofo são doenças diferentes. Alergias de mofo são devido a esporos de fungos que são inalados e causam febre do feno como sintomas.

Isso é diferente do mofo tóxico, que é devido aos vapores tóxicos voláteis produzidos pelo mofo que podem causar uma resposta inflamatória crônica (CIRS), uma reação auto-imune causada pela falta de liberação de bio-toxinas em indivíduos vulneráveis.

A vulnerabilidade à toxicidade por mofo está presente em 25% da população, que, na maioria dos casos, tem uma predisposição genética que inibe a eliminação de biotoxinas.

Uma família pode estar morando na mesma casa com crescimento de mofo, por exemplo, mas apenas um membro da família ficará doente. Isso porque essa pessoa é a única com a vulnerabilidade genética.

As toxinas do mofo podem se acumular no corpo, continuando a causar estragos muito tempo após você ter parado de ter o contato. Portanto tenha cuidado com mofo seja ele em sua casa ou ambiente de trabalho.

Detran retoma atividades presenciais gradualmente a partir de terça-feira (13)

 

A partir desta segunda-feira (12) será possível programar atendimento de renovação de CNH, primeira habilitação e vistoria veicular.

O Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE) voltará gradualmente a operar com serviços presenciais a partir da terça-feira (13), mediante agendamento no site. O retorno foi determinado pelo novo decreto de isolamento social publicado ontem (12) no Diário Oficial do Estado (DOE).

Já a partir desta segunda-feira (12), os cearenses poderão programar atendimento de renovação de CNH, primeira habilitação e vistoria veicular. Todas as funções que já eram desempenhadas de forma online serão mantidas.

As atividades presenciais terão início na terça, conforme o agendamento. O horário de atendimento seguirá normalmente, das 8h às 16h. Os postos localizados em shoppings cumprirão o mesmo funcionamento, independentemente do horário dos shoppings, que devem ficar abertos de 12h às 18h.

O Detran estava com as atividades presenciais suspensas desde fevereiro, quando foi decretado o isolamento social rígido no Estado. A instituição continuou apenas com atendimento online durante o lockdown no Ceará, que teve início no dia 13 de março.

(Diário do Nordeste)

Entenda a nova fase do tratamento do humorista Paulo Gustavo

Humorista foi detectado com nova fístula bronco-pleural, que ocorre quando há vazamento de ar dos brônquios para a pleura

Agência O Globo

O ator e humorista Paulo Gustavo foi submetido a um novo procedimento no tratamento contra o coronavírus para corrigir o aparecimento de uma "nova fístula bronco-pleural", conforme antecipou o colunista Ancelmo Gois. O artista de 42 anos está intubado em um hospital do Rio, em decorrência de complicações da Covid-19.

Foto: Reprodução/ Instagram

Internado desde o dia 13 de março, Paulo foi submetido há cinco dias a uma "a uma toracoscopia para correção de uma fístula bronco-pleural", visando melhor recuperação da função pulmonar.

Fístulas broncopleurais representam, grosso modo, uma comunicação anormal entre os brônquios e a pleura, membrana que reveste os pulmões, o que ocasiona uma passagem de ar incorreta no organismo.

Em linguagem clara, quando há a detecção de uma fístula bronco-pleural significa que foi identificado, no paciente, um vazamento de ar dos brônquios para a pleura, local no corpo onde não deve haver ar.

Uma fístula broncopleural é a causa do pneumotórax, também conhecido como colapso pulmonar, que acontece quando há o escoamento de ar para o espaço entre os pulmões e a parede torácica.

O tratamento é feito por meio de uma toracoscopia, que visa fechar a abertura por onde passa o ar.

"Para o funcionamento correto do pulmão, não deve haver comunicação entre o brônquio, por onde ar passa, e a pleura. Normalmente, não existe essa comunicaçao. O tratamento, portanto, consiste em tirar o ar da pleura e fechar esse vazamento de ar. Esse é um procedimento inovador. Em geral, coloca-se algo por dentro do órgão para fechar a passagem de ar, sem que seja preciso realizar uma operação", explica um pneumologista que preferiu não se identificar.

Desde 13 de março, Paulo Gustavo faz uso de ECMO (sigla para o termo "Oxigenação por membrana extracorporal") para melhorar sua função pulmonar.

O ECMO, que realiza uma espécie de respiração extracorpórea, pode comprometer a pleura dos pacientes ou ocasionar fístulas bronco-pleurais, justificando a necessidade da pleuroscopia (veja abaixo), ainda que seja um procedimento invasivo. É o que explica o cirurgião Marcio O. Lucas.

"Algumas circunstâncias podem comprometer a pleura em pacientes em ECMO. Derrames pleurais, fístulas broncopleurais, e infecção. Qualquer uma destas condições pode indicar a realização de uma Pleuroscopia".

Segundo o médico intensivista Victor Cravo, coordenador do Americas Medical City, o tempo médio de tratamento por ECMO em pacientes com situação semelhante a de Paulo Gustavo é de 10 dias.

"O ECMO é uma terapia feita através de uma máquina, que substitui a função de troca de oxigênio que o pulmão faz. Com isso, você consegue descansar o pulmão até ele poder ser exigido novamente e conseguir fazer essa troca. O paciente tem um sangue passando por uma máquina, que tem uma membrana, e essa membrana oferta o oxigênio e leva o gás carbônico, exatamente o que o pulmão faria" explica Cravo.

A pleuroscopia, procedimento realizado pelo ator Paulo Gustavo na primeira semana de abril, serve para a equipe médica ter uma melhor compreensão da situação dos pulmões do paciente.

Marcio O. Lucas, cirurgião de tórax da Americas Medical City e Oncoclinicas, explica que a principal função da pleuroscopia é diagnóstica, e não terapêutica, embora possa, em alguns casos, ajudar no tratamento.

Neste exame, uma câmera é inserida, com auxílio de fibra óptica, entre os dois arcos costais para permitir a análise da cavidade pleural. A pleura, por sua vez, é a membrana que reveste o tórax e os pulmões.

"A pleuroscopia é um procedimento cirúrgico torácico. Tem por objetivo o estudo do espaço pleural. Pode ter função meramente diagnóstica e, em alguns casos, terapêutica também", esclarece o especialista.

Nova lei de trânsito entra em vigor na segunda (12); veja o que muda

A nova de Lei de trânsito, que altera uma série de dispositivos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) entra em vigor na próxima segunda-feira (12) com uma série de mudanças que devem impactar diretamente na vida dos motoristas brasileiros.

Dentre as principais alterações da Lei 14.071/2020 estão o aumento de limite de pontos e do tempo de validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Veja o que muda com a nova Lei de trânsito em vigor:

Aumento no limite de pontos na CNH

A nova lei amplia de 20 para 40 pontos o limite de pontos que o motorista pode atingir no prazo de 12 meses antes de ter suspenso o direito de dirigir. Entretanto, há condicionantes: se houver uma infração gravíssima (que rende 7 pontos) no prazo de um ano, o limite cai para 30 pontos; acima de duas infrações gravíssimas, o limite continua nos 20 pontos.

O limite de 40 pontos sem considerar a gravidade da infração só valerá para motoristas profissionais.


Maior validade da CNH

As novas regras também ampliam de 5 para 10 anos o prazo de validade da CNH para motoristas de até 50 anos.

Motoristas com idade superior a 50 anos e inferior a 70 devem renovar a CNH a cada 5 anos. Já os motoristas com mais de 70 anos devem renovar a habilitação para dirigir a cada 3 anos.

Atenção: os novos prazos valem apenas para as habilitações renovadas a partir da vigência da nova lei. Ou seja, os motoristas com CNH válidas devem seguir a data de renovação indicada no documento.


Alteração do uso de farol baixo em rodovias

Até então, os condutores que trafegavam por rodovias precisavam manter os faróis baixos mesmo durante o dia em quaisquer condições. Com a nova lei, essa regra muda.

Agora, o motorista deverá manter os faróis acesos durante o dia apenas dentro de túneis e sob condições de chuva e neblina.


Transporte de crianças em cadeirinha

O uso de cadeirinhas no banco traseiro dos veículos torna-se obrigatório para crianças com idade inferior a 10 anos com menos 1,45 m de altura.

Até então, somente a idade da criança era levada em conta.

Não renovar exame toxicológico torna-se infração gravíssima.

Os motoristas das categorias C, D e E deverão comprovar resultado negativo em exame toxicológico para obtenção da renovação da CNH.

Sem a renovação, o condutor comete infração gravíssima, com multa e suspensão do direito de dirigir por três meses.


Prazo para indicar infrator

A lei amplia de 15 para 30 dias o prazo para o responsável pelo veículo indicar à autoridade de trânsito quem é o motorista que cometeu a infração.


Viseira aberta

Transitar de motocicleta com a viseira aberta será considerada infração média — e não mais leve — o que rende 4 pontos na CNH.

Multa poderá ser convertida em advertência automaticamente

Anteriormente, a conversão de multas em advertências deveria ser solicitada pelo condutor do veículo. Agora, essa conversão deverá acontecer de forma automática em casos de infração leve ou média. O motorista ainda não poderá ter cometido qualquer outra infração no último ano.

Descontos para o pagamento de multas

O desconto para pagamentos de multas também está previsto na Lei 14.071/2020. No entanto, para que o condutor possa ter 40% de desconto do valor total da multa, ele não poderá recorrer da infração.

"Reconhecendo o cometimento da infração, poderá efetuar o pagamento da multa por 60% (sessenta por cento) do seu valor, em qualquer fase do processo, até o vencimento da multa", diz trecho da lei.

Rafaela Lara, da CNN, em São Paulo
Fonte: CNNBRASIL

Covid-19 pode ser mais grave em homens

Cientistas estudam possível relação entre hormônios sexuais e casos graves da doença

Redação iBahia

Um ano após o início da pandemia da covid-19, as estáticas reforçam que a infecção é realmente grave. No primeiro semestre de 2020, muitos achavam que apenas idosos e pessoas com comorbidades poderiam ter casos sintomáticos ou graves da doença, o que não é mais uma realidade em 2021.

Foto: Reprodução

 Em letalidade da doença, os índices globais revelam que o vírus mata mais homens do que mulheres. Uma pesquisa publicada na revista científica Frontiers in Public Health estima que, para os homens, a chance de óbito seja duas vezes maior do que no caso de mulheres infectadas. A plataforma Global Health 50/50, que reúne dados internacionais, também aponta para a taxa de mortalidade desproporcional entre pessoas conforme o gênero. No Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde, 58% dos óbitos por covid-19 são de pacientes do sexo masculino.

De acordo com especialistas e pesquisadores da área, as taxas de mortalidade podem estar relacionadas a componentes biológicos, estilo de vida e caráter infeccioso da doença. Pesquisas recentes também apontam associação com outras condições, como o chamado “fator protetivo do estrogênio”.

Cientistas observaram que, em alguns casos, o hormônio inibe a produção de angiotensina 2, reduzindo a suscetibilidade de agravamento da infecção em mulheres. Isso não vale, no entanto, para as mulheres após a menopausa que não fizeram reposição hormonal, ou seja, não seria determinante no que diz respeito aos óbitos após esta fase.

Em todo caso, o papel do hormônio na resistência à covid-19 segue como um dos focos de atenção da classe científica. Em Nova York, nos EUA, equipes de saúde trabalham com doses de estrogênio em estudos e ensaios preliminares sobre a doença e, em Los Angeles, um hospital prepara um estudo com outro hormônio feminino, a progesterona.

Outro fator que tem sido estudado por pesquisadores do Brasil e do mundo são os níveis de testosterona em pacientes infectados pelo novo coronavírus. De acordo com o médico integrativo Jorge Valente, já existem dados que indicam relação entre baixos níveis de testosterona, resposta imunológica e sintomas severos da doença, levantando uma questão: homens com níveis hormonais baixos que testam positivo para coronavírus poderiam melhorar o prognóstico com tratamento hormonal?

“O que se sabe é que pacientes idosos, pacientes com doenças cardiovasculares e/ou com comorbidades, como diabetes e obesidade, que normalmente apresentam níveis mais baixos de testosterona, podem ter impactos mais devastadores da doença, tanto no que diz respeito a internamento e intubação quanto nas sequelas pós-recuperação, o que acende um debate importante sobre o potencial de estratégias terapêuticas com reposição hormonal”, observa o médico.

HRN recebe doação de 10 capacetes Elmo da Delrio Refrigerantes

 A Delrio Refrigerantes doou dez unidades de capacete Elmo para o Hospital Regional Norte. A entrega foi feita na última sexta-feira (9) ao engenheiro clínico do HRN, Walder Costa, pelo supervisor de TI da empresa, Paulo Lourenço Filho, e pelo gerente de produção, Fernando Carvalho. Os novos equipamentos ajudarão a equipe do HRN a cuidar dos pacientes vítimas da Covid-19.

“A empresa se sensibilizou no desejo de ajudar a salvar vidas nesta pandemia”, ressalta o gerente de produção da Delrio, Fernando Carvalho.

O engenheiro clínico do HRN, Walder Costa, ressaltou a importância do Elmo na luta contra a Covid-19. “O Elmo é estratégico porque evita a intubação do paciente e auxilia no tratamento”, afirma.

Fonte: Sobral em Revista

Links indicados

Destaques da Semana: