This is default featured slide 1 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 2 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 3 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

sábado, 8 de maio de 2021

Procurador desafia Fachin a subir o morro no Rio em uma operação policial

 Marcelo Rocha Monteiro desafiou o autor da liminar que proíbe a ação da polícia a acompanhar os agentes no cumprimento de mandados judiciais.

Foto: Reprodução

Crítico da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de proibir operações policiais nas favelas, no Rio, todas controladas por traficantes ou milicianos, o procurador de Justiça Marcelo Rocha Monteiro desafiou nesta sexta (7) o ministro Edson Fachin, autor da liminar, a subir o morro dessas localidades na companhia de policiais cariocas no cumprimento de mandados judiciais.


Ele disse em entrevista à Rádio Bandeirantes que pode ser qualquer uma das 1.531 favelas controladas por bandoleiros. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Na avaliação de Marcelo Rocha Monteiro, o STF promove intervenção que considera inconstitucional na área de segurança pública do Estado.

Após meses proibida de agir nas favelas, a Polícia Civil foi surpreendida por traficantes fortalecidos com armas e bunkers construídos nas ruas.

A ação que fez o STF adotar a decisão foi coisa do PSB, Defensoria Pública e várias ONGs, algumas supostamente ligadas ao tráfico.

Fonte: Diário do Poder

Idosos sobralenses com mais de 60 anos tomam HOJE a segunda dose da Coronavac

 A Prefeitura de Sobral informa que neste sábado, 8 de maio, dará continuidade a vacinação das pessoas com mais de 60 anos aptas a tomar a segunda dose da Coronovac. A vacinação ocorre das 14h as 17h, nas escolas da dede e dos distritos. Não é necessário agendar, e os idosos devem levar RG e cartão de vacinação da primeira dose.

Fonte: Sobral em Revista

Jair Bolsonaro pede que filho de Renan Calheiros seja investigado


Em sua live semanal, realizada na quinta-feira (6), o presidente Jair Bolsonaro pediu que o filho do senador Renan Calheiros (MDB-AL), o governador de Alagoas, Renan Filho (MDB), seja investigado na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, da qual o senador Calheiros é relator.

Sem citar exatamente o nome de Renan, Bolsonaro disse que suas frases “não matam ninguém” e que o que tira vidas é “desvio de recurso público que seu estado desviou”, fazendo referência a Alagoas. Na fala, o chefe do Executivo também pediu que Renan fosse investigado na CPI.

– Sabe o que eu diria para o senador? Prezado senador, frase não mata ninguém. O que mata é desvio de recurso público que seu estado desviou. Vamos investigar seu filho que a gente resolve o problema. Desvio mata. Frase não mata – completou Bolsonaro.

(Pleno News)

sexta-feira, 7 de maio de 2021

Camilo anuncia prorrogação do atual decreto no Ceará, sem avançar na reabertura

O governador Camilo Santana (PT) anunciou prorrogação do decreto de isolamento social no Ceará com as mesmas regras anteriores. As restrições seguirão as mesmas que as atuais pelos próximos sete dias.

Ele destacou maior preocupação com Litoral Leste e Sertão Central. Para essas regiões, há recomendação de restrições maiores.

A decisão foi tomada nesta sexta-feira, 7 de maio (07/05). O governador disse haver tendência de queda do número de casos, do número de óbitos e redução da pressão hospitalar. Porém, destacou o aumento da positividade — ou seja, mais exames feitos que testam positivo.

O secretário da Saúde do Estado, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho, o Cabeto, demonstrou preocupação de o Dia das Mães se tornar momento de disseminação do vírus. Ele salientou a necessidade de cuidado mesmo para quem está vacinado. Ele disse que provavelmente será necessário mais algumas semanas para ter a pandemia sob controle.

O Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia no Ceará se reuniu nesta sexta para deliberar sobre os próximos passos. O governador havia antecipado à rádio O POVO CBN que a volta às aulas presenciais para o ensino médio estava na pauta atual do Comitê.

Semanalmente, o grupo decide as medidas adotadas nos decretos estaduais contra a Covid-19. No último documento, por exemplo, comércios e restaurantes foram autorizados a abrir no fim de semana, começando no próximo, quando se comemora o Dia das Mães. Com a nova determinação, as lojas e os restaurantes de rua poderão funcionar de 10h às 15 horas nos sábados e domingos, enquanto os mesmos estabelecimentos localizados em shoppings podem abrir de 12h às 17 horas.

Vacinação no Ceará

Com previsão de chegada às 22 horas desta sexta, o Ceará receberá 38 mil doses da CoronaVac, dedicadas exclusivamente para aplicação da D2, segundo Camilo. Um total de 45 municípios ceareses estão sem o imunizante da Sinovac Biotech, segundo a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa). Nesta semana, chegaram ao Ceará outras 162.100 doses da vacina AstraZeneca. Outro lote com 45.630 doses da Pfizer tem previsão de desembarque até a próxima segunda-feira, 9, conforme o Estado.

(O Povo)

Tasso diz que candidatura a presidente dependeria de acerto com Ciro

 

O senador Tasso Jereissati afirmou que sua candidatura à Presidência da República dependeria de um acerto com o ex-governador Ciro Gomes.

De acordo com informações do Blog do Noblat, Tasso participou de uma conversa virtual no chamado “Derrubando Muros”, que reuniu políticos de vários partidos, economistas, dirigentes de ONGs e empresários.

“Jereissati admite que Ciro dificilmente sairá, assim como ele também não. Seu nome foi lançado pelo presidente nacional do PSDB, o ex-deputado federal Bruno Araújo, que é contra a candidatura a presidente do governador João Doria (SP). O PSDB tem eleições prévias marcadas, a princípio, para outubro deste ano. Jereissati diz que pretende disputá-las”, destaca o texto.

Também ressaltou que se, caso fosse eleito, governaria só por quatro anos.

Fonte: Focus.jor

Exclusivo: documentos do MPRJ sobre ação no Jacarezinho foram apreendidos na comunidade

Relatório com informações sobre a operação no local estava em poder dos traficantes, o que indica vazamento dos planos da Polícia Civil.

Documentos sobre a investigação da Polícia Civil que resultaram na Operação Exceptis foram apreendidos com criminosos da favela do Jacarezinho, na zona norte do Rio. A identificação dos relatórios, com o timbre do Ministério Público do Rio, em poder dos criminosos indica, para a polícia, que houve vazamento dos planos operacionais da corporação, que terminou com 25 pessoas mortas nesta quinta-feira (6/5) – um dos mortos é o policial civil André Frias (foto de destaque). O Metrópoles teve acesso com exclusividade ao material.

Desde junho do ano passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu operações em favelas durante a pandemia. A decisão permite ações apenas em “hipóteses absolutamente excepcionais”, após comunicação e justificativa ao Ministério Público, exatamente os documentos que foram apreendidos na favela durante a ação.

O suposto vazamento pode ter contribuído para que os criminosos montassem um plano de defesa e ataque aos policiais, resultando no número recorde de mortes, alega a polícia.

Em nota, o Ministério Público informou que os documentos estavam públicos: “O MPRJ esclarece que foi ajuizada ação penal pública 0158323-03.2020.8.19.0001, com oferecimento de denúncia nos autos do Inquérito Policial nº 025-01696/2020, em 22/4/2021, sendo recebida no dia 28/4/2021 pelo Juízo da 19ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, oportunidade em que foi suspenso o sigilo do processo, tornando públicas todas as peças processuais”.

Mais letal

Levantamento realizado pelo Instituto Fogo Cruzado mostra que a operação foi a mais letal da história do Rio de Janeiro. Em nota, o governo do Rio lamentou as mortes. “A ação foi pautada e orientada por um longo e detalhado trabalho de inteligência e investigação, que demorou dez meses para ser concluído. Para garantir a transparência e a lisura da operação, todos os locais de confrontos e mortes foram periciados. É lastimável que um território tão vasto seja dominado por uma facção criminosa que usa armas de guerra para oprimir milhares de famílias”, diz o texto.

O delegado Felipe Curi, diretor do Departamento-Geral de Polícia Especializada, também lamentou as mortes, mas afirmou que os suspeitos mortos tinham envolvimento com crimes como tráfico de drogas, roubos e homicídios, além de aliciarem crianças e adolescentes.

“A DPCA estava fazendo investigação há 10 meses. O tráfico estava aliciando menores. Durante a investigação, a gente identificou uma série de crimes cometidos, sequestro de composições da SuperVia, execução de pessoas pelo Tribunal do Crime e as famílias sem ter direito de enterrar seus mortos e registrar em delegacia”, explicou Curi.


De acordo com a polícia, 24 suspeitos de envolvimento com facção criminosa também morreram baleados, sendo que três deles eram alvos dos 21 mandados de prisão expedidos pela Justiça. Um policial civil também morreu.

“A gente fez o nosso papel ao cumprir os mandados de prisão. Cada instituição tem o seu papel. A única execução que houve na operação foi a do policial”, disse o delegado Felipe Curi.

(Metrópoles)

Adolescente grávida morre após descarga elétrica em máquina de lavar roupas

Acidente aconteceu na cidade baiana Caetité; feto não sobreviveu

Redação iBahia

A estudante Ramona dos Santos, de 17 anos, grávida de seis meses, morreu após sofrer uma descarga elétrica enquanto usava uma máquina de lavar roupas.

Foto: Reprodução
O caso ocorreu na noite desta quarta-feira (5), no quintal da casa da vítima, em Caetité, no sudoeste baiano. As informações são do Blog Sudoeste Bahia.

Os familiares de Ramnona contaram ao site que ela sofreu a descarga elétrica quando foi desligar o equipamento.

A vítima chegou a ser socorrida para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu. O bebê também não sobreviveu.

Links indicados

Destaques da Semana: