This is default featured slide 1 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 2 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 3 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

sexta-feira, 16 de abril de 2021

Só Deus me tira da cadeira presidencial, diz Bolsonaro sobre possível processo de impeachment

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira que apenas Deus pode tirá-lo da cadeira presidencial. O comentário de Bolsonaro foi uma resposta à informação de que a ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu cinco dias para que o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), explique os motivos por não ter analisado os pedidos de impeachment protocolados na Câmara.

(Foto: reprodução stargram)
A decisão da ministra foi tomada em um processo no STF que questiona por que a Câmara dos Deputados não analisou os mais de 100 pedidos de impeachment já protocolados contra Bolsonaro. De acordo com a Constituição, a decisão sobre a abertura ou não de um processo de impeachment cabe ao presidente da Câmara, que não possui prazo para tomar a decisão.

"Eu não quero me antecipar e falar o que acho sobre isso, mas digo uma coisa: só Deus me tira da cadeira presidencial e me tira, obviamente, tirando a minha vida. Fora isso, o que estamos vendo acontecer no Brasil não vai se concretizar. Mas não vai mesmo. Não vai mesmo."

O presidente afirmou que irá aguardar a resposta de Arthur Lira à decisão de Cármen Lúcia. A ação no Supremo pede que a Corte imponha um prazo para que o presidente da Câmara analise os pedidos.

Durante a transmissão, o presidente Bolsonaro voltou a afirmar que o país se aproxima de um limite. Nesta semana, em conversa com apoiadores no Palácio do Alvorada, o presidente afirmou que espera uma sinalização do povo. Na live, Bolsonaro disse que o governo vai "agir dentro das quatro linhas da Constituilção restabelecendo a ordem no Brasil".

"Lamento muito pelo futuro do nosso Brasil. E o que eu posso fazer? A gente só ganha a guerra se tiver informações, se o povo estiver bem informado, consciência do que está acontecendo. Alguns querem que seja imediatista. Eu sei o que tem que fazer, dentro das quatro linhas da Constituição. Se o povo cada vez mais se inteirar, se informar, cutucar seu vizinho, mostrar qual o futuro do nosso Brasil, a gente ganha essa guerra. Eu sei onde está o câncer do Brasil. Se esse câncer for curado, o corpo volta a sua normalidade. Estamos entendidos? Se alguém acha que tem que ser mais explícito, lamento."

Fonte: O Globo

Beneficiários do Bolsa Família começam a receber auxílio emergencial

Benefício será destinado ao grupo com final de NIS número 1

Andreia Verdélio, da Agência Brasil

A Caixa Econômica Federal começou hoje (16) o pagamento da primeira parcela do auxílio emergencial de 2021 para beneficiários do Bolsa Família com final de NIS número 1.

Foto: Reprodução

O recebimento dos recursos é realizado da mesma forma e nas mesmas datas do benefício regular para quem é inscrito no programa social. Para quem recebe por meio da Poupança Social Digital, os recursos podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem ou sacados por meio do Cartão Bolsa Família ou Cartão Cidadão.

Em caso de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o site auxilio.caixa.gov.br.

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante quatro meses, prevê parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

Pelas regras estabelecidas, o auxílio será pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. É necessário que o beneficiário já tenha sido considerado elegível até o mês de dezembro de 2020, pois não há nova fase de inscrições. Para quem recebe o Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso, seja a parcela paga no programa social, seja a do auxílio emergencial.

Quem recebe na poupança social digital, pode movimentar os recursos pelo aplicativo Caixa Tem. Com ele é possível fazer compras na internet e nas maquininhas em diversos estabelecimentos comerciais, por meio do cartão de débito virtual e QR Code. O beneficiário também pode pagar boletos e contas, como água e telefone, pelo próprio aplicativo ou nas casas lotéricas. A conta é uma poupança simplificada, sem tarifas de manutenção, com limite mensal de movimentação de R$ 5 mil.

Saque antecipado

Ontem (15), o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, anunciou que o banco vai antecipar o calendário de saque para o público geral, que fez o cadastro para receber o auxílio emergencial no site ou aplicativa do Caixa ou está no Cadastro Único mas não recebe Bolsa Família. Assim como no ano passado, a este público, o auxílio é pago em rodadas de depósito na poupança social digital e de saques em espécie e transferências, de acordo com o mês de nascimento do cidadão.

O novo calendário de saque está disponível no site da Caixa e começa no dia 30 de abril para nascidos em janeiro. Os recursos da primeira parcela para esses beneficiários foram depositados em 6 de abril.

Quatro pessoas são presas e treze celulares roubados são recuperados, após assalto em loja no centro de São Benedito

Imagens captadas por uma câmera de segurança registram o momento da chegada e saída de um homem em uma loja localizada no centro de São Benedito. Em posse de um revólver, ele rende os funcionários e rouba treze celulares. Na sequencia, ele deixa o estabelecimento levando uma sacola com os aparelhos roubados. O caso aconteceu no inicio da tarde da quinta-feira (15), na rua José Armando Rodrigues.

Conforme informações de testemunhas, o assaltante foi visto entrando em um veículo Ecosport que já estava posicionado para fuga.

Após analisar as imagens, os policiais do RAIO iniciaram as diligências que resultaram na captura de um homem identificado como Hugo, na localidade conhecida como Sitio Lagoa II, na zona rural de São Benedito. Segundo os policiais, o suspeito que já tem antecedente por roubo, confessou a participação no crime e apontou o local onde havia deixado a mercadoria roubada e a arma usada no assalto.

Ao todo, três homens e uma mulher foram detidos. Todo o material roubado foi recuperado. A arma usada no crime e o veículo usado na fuga foram apreendidos. Os envolvidos foram conduzidos à delegacia de São Benedito e autuados em flagrante.

(Ibiapaba 24 hs)

É necessário limpar as compras? Saiba como se proteger do coronavírus em meio às variantes

O hábito de limpar as compras e desinfetar ambientes se popularizou; no entanto, a era do que ficou conhecido como "teatro da higiene" parece estar chegando ao fim

Raphaela Ramos e New York Times, Agência O Globo

Quando a Covid-19 começou a se espalhar pelo mundo, pesquisadores relataram que o coronavírus poderia sobreviver por dias em plástico ou aço inoxidável e alertaram que se alguém tocasse uma superfície contaminada e então levasse as mãos aos olhos, nariz ou boca poderia se contaminar. O hábito de limpar as compras e desinfetar ambientes se popularizou. No entanto, a era do que ficou conhecido como "teatro da higiene" parece estar chegando ao fim.

Foto: Reprodução
Na semana passada, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos atualizaram suas diretrizes de limpeza de superfícies, observando que o risco de contrair o coronavírus ao tocar em uma superfície contaminada era inferior a 1 em 10 mil. A nova orientação reacende o debate sobre a importância que tem sido direcionada a essas medidas em comparação com outros cuidados, como distanciamento, uso de máscaras e ventilação de ambientes.

— As pessoas podem pegar o vírus causador da Covid-19 por meio do contato com superfícies e objetos contaminados. No entanto, os testes mostraram que o risco de transmissão por esta rota é muito baixo — disse Rochelle Walensky, diretora dos CDC, em uma entrevista na Casa Branca em 5 de abril, segundo o New York Times.

Esse reconhecimento já era esperado há muito tempo, afirmam cientistas:

— Já sabemos disso há muito tempo, mas as pessoas continuam a se concentrar muito na limpeza de superfícies. Não há evidências de que alguém pegou Covid-19 ao tocar em uma superfície contaminada. Nós estamos mais familiarizados com a limpeza de superfícies, você pode ver as pessoas fazendo isso e a superfície limpa, acho que por isso as pessoas se sentem mais seguras — afirmou ao NYT Linsey Marr, especialista em vírus aerotransportado do Instituto Politécnico e Universidade Estadual da Virgínia.

O físico Vitor Mori, pesquisador da Universidade de Vermont e membro do Observatório Covid-19 BR, considera que o maior erro na condução da pandemia a nível global foi a má compreensão sobre a forma como o vírus é transmitido, o que levou à adoção de protocolos pouco eficientes para combater o contágio.

— Ainda hoje, com evidências robustas de que a transmissão pelo ar é a via mais importante, vemos cidades direcionando muitos recursos para desinfecção das ruas, ou a permissão para locais fechados e mal ventilados funcionarem só medindo temperatura e oferecendo álcool em gel. É urgente compreender como o vírus é transmitido e quais as implicações disso na forma como temos que nos prevenir — afirma Mori.

Ele explica que a transmissão pelo ar é muito mais preocupante e difícil de ser combatida, mas isso não justifica que as medidas adequadas não sejam tomadas, avalia.

Durante os primeiros dias da pandemia, muitos especialistas acreditavam que o coronavírus se espalhava principalmente por meio de grandes gotículas respiratórias, que são muito pesadas para percorrer longas distâncias no ar, mas podem cair em objetos e superfícies. Nesse contexto, parecia lógico focar na limpeza de todas as superfícies.

No entanto, tornou-se cada vez mais evidente durante o ano passado que o coronavírus se espalha principalmente pelo ar — tanto por gotículas grandes como por partículas pequenas, que podem permanecer suspensas no ar por mais tempo — e que limpar maçanetas e assentos de metrô não garante a segurança das pessoas.

— A base científica para toda essa preocupação com as superfícies é muito pequena, quase nula. Esse é um vírus que se contrai pela respiração. Não é um vírus que se adquire tocando nele — disse Emanuel Goldman, microbiologista da Universidade Rutgers, ao NYT.

Joseph Allen, especialista em segurança de edifícios da Escola de Saúde Pública TH Chan da Universidade de Harvard, afirmou que NYT que em tese ainda é possível contrair o coronavírus pelas superfícies, mas são necessários muitos elementos para que isso aconteça: muitas partículas virais frescas e infecciosas precisam se depositar em uma superfície e um número relativamente grande delas ser transferido rapidamente da mão de uma pessoa para seu rosto.

Os CDC já haviam reconhecido anteriormente que as superfícies não são a principal rota de propagação do coronavírus, mas as recentes declarações da agência foram ainda mais informativas sobre o tema, segundo especialistas.

As diretrizes dos CDC sugerem que se alguém com Covid-19 esteve em um determinado espaço nas últimas 24 horas, a área ainda deve ser limpa e desinfetada. As novas orientações de limpeza não se aplicam a instalações de saúde, que podem exigir limpeza e desinfecção mais intensas, segundo a agência.

No Brasil, em janeiro deste ano, o site do Ministério da Saúde afirmava que a transmissão da Covid-19 não acontece pelo ar. Agora, a página atualizada dia 8 de abril afirma que o SARS-CoV-2 é transmitido "principalmente por três modos: contato, gotículas ou por aerossol".

Vitor Mori avalia que medidas como lavar as compras feitas no mercado ou desinfetar sapatos e objetos não são efetivas contra a Covid-19 e outros cuidados devem ser priorizados.

— Se a pessoa se sentir bem fazendo isso não tem problema, os produtos podem não estar em ambiente limpo no mercado, por exemplo, e a limpeza pode ajudar a proteger de outras coisas. Não usar o sapato da rua em casa é uma medida de higiene independente da pandemia. Mas especificamente contra a Covid não são muito importantes — explica. — O grande risco não são os objetos, são as pessoas que carregam e transmitem o vírus para outras.

O pesquisador do Observatório Covid-19 BR destaca que as principais medidas relevantes contra a transmissão do coronavírus são ficar em casa sempre que possível, se for preciso sair preferir atividades ao ar livre e usar máscaras bem ajustadas ao rosto.

Ambientes fechados representam maior risco, por isso devem ser bem ventilados, com janelas e portas abertas e, se possível, ventiladores empurrando o ar de dentro para fora. Deve-se procurar ficar pouco tempo nesses locais e manter o maior distanciamento possível de outras pessoas.

Em ambientes fechados, mal ventilados ou sem distanciamento, ele sugere o uso da máscara do tipo PFF2 ou equivalentes. Quando utilizada corretamente, ela fornece um bom grau de proteção para quem a está vestindo, explica Mori.

O físico destaca que as novas variantes não mudam a forma como o coronavírus é transmitido. O que mudou é que algumas delas têm maior potencial de infectar as pessoas.

— A infecção depende de uma quantidade mínima de partículas contendo o vírus no nosso corpo. Com as novas variantes, por terem maior capacidade de entrar nas nossas células, é preciso uma menor quantidade de partículas para se infectar. Por isso temos que redobrar as medidas preventivas. Mas o mecanismo e as medidas de prevenção que funcionam não mudaram. A higienização de superfícies continua sendo pouco eficiente — explica Mori.

Saskia Popescu, epidemiologista de doenças infecciosas da Universidade George Mason, observou que ainda é importante fazer uma limpeza regular e manter boas práticas de lavagem das mãos para reduzir o risco de contrair não só o coronavírus, mas também outros patógenos.

No entanto, escolas, empresas e outras instituições que desejam manter as pessoas seguras devem mudar sua atenção das superfícies para a qualidade do ar, disse ela ao NYT, e investir em melhor ventilação e filtragem.

Bolsonaro assina decreto para privatizar Parque Nacional de Ubajara

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) assinou medida permitindo a inclusão do Parque Nacional de Ubajara, no Ceará, e mais oito unidades de conservação nacionais brasileiras no Programa Nacional de Desestatização (PND). A ação permite a concessão destas unidades à iniciativa privada, por meio do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI).

(Foto: Parque Nacional de Ubajara é hoje poli turístico na Ibiapaba. (Foto: Julio Caesar/O POVO) (Foto: JULIO CAESAR/O POVO))

A ideia é que a União continue na propriedade destes locais, mas que o empresariado tenha liberdade para investir mediante cumprimento de obrigações e fiscalizações do setor público. Também contemplam a medida as unidades de conservação: Floresta Nacional de Brasília (DF), dos Parques Nacionais da Serra dos Órgãos (RJ), da Chapada dos Guimarães (MT), da Serra da Bocaina (RJ/SP), da Serra da Capivara (PI), da Serra da Bodoquena (MS), do Jaú (AM) e de Anavilhanas (AM).

Fonte: O Povo Online

STF anula condenações de Lula e ele pode ser candidato em 2022

 O STF (Supremo Tribunal Federal) formou maioria nesta quinta-feira (15) para anular as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e devolver os direitos políticos do petista. Os ministros Edson Fachin, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Rosa Weber, Alexandre de Moraes, Dias Toffoli e Cármen Lúcia votaram nesse sentido. Indicado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o ministro Kassio Nunes Marques foi Marco Aurélio e Luiz Fux foram a favor das condenações. Com a decisão, Lula permanece elegível.

Fonte: Sobral em Revista

Polícia Civil de Sobral prende homem acusado de homicidio

A Polícia Civil do Ceará (PCCE) cumpriu mais um mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem suspeito de cometer um homicídio no interior do Estado. A ordem judicial foi cumprida na tarde desta quinta-feira (15), em Sobral, Área Integrada de Segurança 14 (AIS 14) do Estado. O alvo já se encontrava preso em uma unidade do sistema penitenciário onde estava, desde o último mês de março, em caráter preventivo em razão de outros crimes.

Francisco Wygor Sousa Carlos, de 24 anos, é suspeito de envolvimento em um homicídio ocorrido em 12 de fevereiro de 2021, na cidade de Groaíras – AIS 14 do Estado. A vítima, um homem de 22 anos, com antecedentes criminais, foi assassinada por disparos de arma de fogo na casa onde morava, depois que o suspeito e outros dois adolescentes arrombaram a porta de sua residência. Na época, os três fugiram do local.

As investigações sobre o caso ficaram a cargo da Delegacia Regional de Sobral que, após iniciarem as diligências, identificaram um dos suspeitos do homicídio. Segundo informações apuradas pelos policiais civis, a motivação do crime está relacionada à disputa entre grupos criminosos da região. O suspeito foi indiciado por homicídio qualificado e envolvimento com o tráfico de drogas.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (88) 3677-4711, da Delegacia Regional de Sobral. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Fonte: Sobral 24 horas

Links indicados

Destaques da Semana: