PM suspeito de atirar em show sertanejo e deixar dois mortos é preso

A prisão do soldado ocorreu nesta terça (22), e terá duração de 30 dias Créditos: Bnews Reprodução Um soldado da Polícia Militar foi preso ...

A prisão do soldado ocorreu nesta terça (22), e terá duração de 30 dias

Créditos: Bnews

Reprodução

Um soldado da Polícia Militar foi preso de forma temporária nesta segunda-feira (21), por supostamente ser o responsável pelos disparos que mataram 2 pessoas na saída de um show sertanejo em Piracicaba, São Paulo.

O crime, que aconteceu neste último domingo (20), deixou duas vítimas: a estudante de odontologia Heloise Magalhães, 23 anos, e o técnico em transportes Leonardo Cardozo, 26 anos. Os disparos ainda acertaram outros 2 jovens, de 19 e 27 anos, que ficaram feridos. O investigado se apresentou à polícia e foi levado para o presídio militar Romão Gomes.

De acordo com Juliana Ricci, delegada, o suspeito decidiu atirar quando se sentiu ameaçado pelas pessoas que estavam no local. De acordo com o portal UOL, o policial estava acompanhado de sua esposa e mais quatro amigos, que depois do ocorrido, deixaram o local.

 Veja também:
Em depoimento, o suspeito afirmou que desconhece o número de disparos feitos. A arma utilizada no crime pertencia à corporação e ainda não foi entregue à Polícia Civil.

Sua prisão é preventiva e tem a duração de 30 dias. Além do processo criminal, ele também responderá por processo administrativo na Polícia Militar.

A dupla sertenja responsável pela apresentação se pronunciou nesta segunda-feira (21), através de uma nota, afirmando que "se solidarizam com os familiares e repugnam qualquer tipo de violência".

 Receba notícias do Diário Sobralense pelo Google Notícias | Facebook | Twitter | Telegram

Related

Brasil 4877238419161678272

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook



Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item