SP: morre menina que fez tratamento de R$ 8 milhões contra leucemia

Após campanha de arrecadação, Fernanda Manzutti, de 12 anos, passou por tratamento contra câncer em instituição da Espanha Créditos: Metrópo...

Após campanha de arrecadação, Fernanda Manzutti, de 12 anos, passou por tratamento contra câncer em instituição da Espanha

Créditos: Metrópoles

São Paulo – Fernanda Manzutti, de 12 anos, que mobilizou uma campanha de R$ 8 milhões para custear seu tratamento contra o câncer na Espanha, morreu neste sábado (26/2).

Foto: Reprodução

A menina morava em Jundiaí, no interior de São Paulo, e lutava contra um tipo agressivo de leucemia há dois anos.

Em maio do ano passado, a família da jovem iniciou uma campanha online para arrecadar o dinheiro necessário para a terapia Car-T Cell, que não é aplicada no Brasil.

Na manhã deste sábado, o perfil da menina nas redes sociais divulgou uma nota de pesar: “Arrecadamos valores suficientes para sua jornada de cura. Incansável, ela enfrentou toda dor, todos os procedimentos, muitas horas de quimioterapia, radioterapia, remédios experimentais”.

VEJA MAIS


Terapia na Espanha

No dia 3 de agosto, a jovem embarcou para a Espanha para o tratamento Car-T Cell contra a Leucemia Linfóide Aguda (LLA).

Fernandinha passou pelo transplante de medula no dia 3 de dezembro e ficou mais frágil por conta do procedimento. Por conta disso, permaneceu internada na UTI do Hospital 9 de Julho, na capital paulista.

“Ela foi para a Espanha fez o Car T Cell, voltou para o Brasil, uniu as equipes médicas internacionais e brasileiras no seu tratamento, quase zerou a doença para que o transplante fosse possível. Estava lá firme em seu propósito de viver todos os dias mais um dia ao lado de seus amados e guerreiros pais. A medula pegou, mas seu corpo, já exausto, não suportou”, diz a nota.

O tratamento com a terapia Car-T Cell consiste em utilizar o linfócito do tipo T – que comanda a resposta do corpo aos vírus e ao câncer – para transferir genes de uma molécula para a outra.

A campanha “Salve a Fernandinha” mobilizou famosos e recebeu doação de Kaká, Zezé Di Camargo, Fábio Júnior, do técnico de vôlei Bernardinho e das atrizes Deborah Secco e Carolina Dieckmann.

De acordo com a família, a doença atingiu o sistema imunológico da jovem e sua medula óssea. Desde que foi diagnosticada, Fernanda vivia uma rotina de constantes idas e vindas do hospital.

Siga o Diário Sobralense no Google Notícias e acompanhe as notícias do dia em primeira mão.

Related

Brasil 6135576760966241892

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook



Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item