Jovem preso por matar madrasta envia áudio ao pai: “Matei com gosto”

Um jovem de 24 anos, que não teve o nome divulgado, foi preso após invadir a casa da madrasta para matá-lá, em Maringá, no Paraná . O suspei...

Um jovem de 24 anos, que não teve o nome divulgado, foi preso após invadir a casa da madrasta para matá-lá, em Maringá, no Paraná. O suspeito avisou o próprio pai sobre o crime por meio de um áudio enviado em um aplicativo de mensagens.

Siga o Diário Sobralense no Google Notícias e acompanhe as notícias do dia em primeira

Foto: Reprodução

A vítima identificada como Neide Aparecida Ribeiro, de 45 anos, foi executada com mais de 20 facadas dentro da casa onde morava, no bairro Jardim Madrid. O principal suspeito do crime é o enteado, que teria invadido o local.

Veja também:

Mulher morre ao praticar autoerotismo durante banho


De acordo com o pai do jovem, após cometer o crime, o rapaz enviou um áudio confessando ter assassinado a madrasta. Segundo ele, o motivo foi um desentendimento familiar.

“Vai pagar porque xingou minha mãe, ficou jogando roupa dentro de casa, tirando minha mãezinha idosa […]. Matei mesmo, matei com gosto, para acordar para a vida”, afirmou o jovem.

Todo o crime foi presenciado pela filha da vítima, de 10 anos, que se escondeu debaixo de uma cama para não ser morta.

Na mensagem enviada ao pai, o suspeito ainda afirmou que a vítima teve “sorte” por ele não ter matado a menina.

O acusado foi preso por policiais da delegacia de homicídios de Maringá. O caso segue sendo investigado.

Fonte: GMC

Related

Brasil 4713874303943816838

Veja também

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook

Acompanhe-nos!



Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item