Mulher que se envolveu com morador de rua choca com fortes revelações; veja

Sandra Mara Fernandes, 34 anos, virou notícia em março deste ano após ter tido relação sexual com o morador em situação de rua Givaldo Alves...

Sandra Mara Fernandes, 34 anos, virou notícia em março deste ano após ter tido relação sexual com o morador em situação de rua Givaldo Alves de Souza, 31 anos, dentro de um carro, na cidade de Planaltina (DF)

Siga o Diário Sobralense no Google Notícias e acompanhe as notícias do dia em primeira mão.

Em entrevista à Folha de S. Paulo, ela contou que, depois desse episódio, passou a sofrer ataques, que classifica com humilhantes, nas redes sociais e em aplicativos de conversa. Além disso, precisou vender sua loja de roupas e mudar-se de cidade.

Foto: Reprodução

Na Justiça, a empreendedora obteve uma liminar que proíbe Givaldo de falar publicamente sobre ela. “Ele me expôs como mulher, como ser humano, ele me atacou de todas as maneiras possíveis, então, ele acabou ali com a minha moral. Criaram perfis falsos em meu nome usando as minhas fotos. A população acreditou que tudo aquilo que ele falou era verdade”, falou a mulher ao jornal.

“Vivemos numa sociedade machista e por isso tenho sofrido ataques. O que mais me dói nesses ataques é quando eu sou atacada por outras mulheres. Porque vir de outra mulher é muito sofrido”, disse ainda.

Sandra está em tratamento psiquiátrico e disse que evita sair à rua. À Folha, ela relatou o que se passou naquele dia. Segundo a mulher, ela, a sogra e a filha estavam na rua no fim de tarde quando Givaldo apareceu querendo ver a Bíblia que ela lia.

Ela disse que viu naquele homem a representação de Deus e também de seu marido – mais tarde, isso foi diagnosticado como um surto psicótico, fruto de um transtorno bipolar que ela não sabia que tinha. Momentos depois, sem a filha e a sogra, ela voltou a encontrar o homem e os dois foram de carro até um local deserto, onde ocorreu o ato s€xual.

VEJA MAIS


De acordo com Sandra, ela imaginou que consumar o ato sexual com aquele homem – que enxergava ser a figura de Deus e do marido – poderia concretizar o sonho da família de mudar de vida financeira. Em sua alucinação, ela acreditou que isso a levaria a ganhar na Mega-Sena.

Ainda conforme contou à Folha, o seu marido Eduardo encontrou os dois no carro e agrediu o homem. Ela foi levada ao hospital, sem entender o que aconteceu, e passou a receber atendimento dado a pessoas vítimas de abuso sexual. Após ser medicada e já em casa, ela teve mais dois surtos e precisou ser internada para tratamento.

(Via Terra Brasil Notícias)

Related

Brasil 4551926672639579277

Veja também

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook

Acompanhe-nos!



Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item