Execução de pai e filho foi motivada por aumento de R$ 500 em aluguel

 Segundo um funcionário ouvido pelo Metrópoles, negociação entre vítimas e suspeito se arrastava havia cerca de 6 meses Créditos: Metropoles...

 Segundo um funcionário ouvido pelo Metrópoles, negociação entre vítimas e suspeito se arrastava havia cerca de 6 meses

Créditos: Metropoles

Um funcionário de Warlison Rodrigues de Jesus, 31 anos, e do pai dele, Edson do Carmo, 63, ouvido pelo Metrópoles, reforça a teoria de que o duplo homicídio ocorrido no fim da tarde dessa quinta-feira (12/5) teria sido motivado por uma desavença relacionada ao aumento do preço cobrado pelo aluguel do espaço onde a padaria das vítimas operava.

Foto: Reprodução

Segundo o funcionário, que pediu para não ser identificado, as negociações com o suspeito de ser o autor dos disparos, o agente de custódia aposentado da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) Marcos Antonio Santos, 56 anos, se arrastavam havia cerca de seis meses. Antes da negociação, o aluguel custava em torno de R$ 3 mil. O aumento acresceria R$ 500 reais no valor pago.

A intenção das vítimas seria a instalação de um contêiner para aumentar a produção da panificadora. Para isso, seria necessário a extensão do espaço para o terreno ao lado, onde funcionava o escritório da rede de padarias. Em um primeiro momento, a proposta desagradou o policial aposentado e dono da área. “Tinha desavenças. O Rodrigues, como a gente chamava o Warlison, queria ampliar a produção e construir o espaço, mas o dono não aceitou. Depois de um tempo, eles foram negociando para aumentar em R$ 500 o aluguel”, disse o funcionário.

Veja também:

Mulher morre ao praticar autoerotismo durante banho


Ainda de acordo com a testemunha, na quarta-feira (11/3), o acordo teria sido selado verbalmente. “Inclusive, depois desse acerto, o Marcos até pediu desculpas em relação a toda confusão. Ele [Warlison] estava feliz. Porque, na cabeça dele, aquilo já estaria resolvido. Chegou ontem de manhã muito feliz, sabe”, comenta o funcionário.

O duplo homicídio ocorreu dentro dos escritórios do dono do prédio onde fica a padaria. “Com certeza eles foram lá pra conversar e oficializar o acordo”, acrescenta a testemunha.

Veja o local onde os corpos foram encontrados:

Amizade de longa data

“A minha relação com eles não era de empregado e patrão, mas de amigos, parceiros nos nossos objetivos dentro da área de panificação. Sempre foram muito abertos em falarem o que estavam sentindo. Não guardavam emoções, choravam, sorriam, sempre muito espontâneos”, assim o funcionário descreve a amizade com Warlison e Edson, construída desde 2016.

Marcos Antonio foi encontrado morto nesta sexta-feira (13/5), na entrada da Mansão Misuno, no Setor L Norte, em Taguatinga. A polícia acredita que Marcos tenha tirado a própria vida.

Enterro

Os corpos de Warlison e Edson serão enterrados, na manhã deste sábado (14/5), no Cemitério Campo da Esperança, em Taguatinga. O velório está marcado na Capela 2, a partir das 8h. O sepultamento ocorrerá às 10h30.

Siga o Diário Sobralense no Google Notícias e acompanhe as notícias do dia em primeira

Related

Brasil 1462334122640610921

Veja também

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook

Acompanhe-nos!


Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item