Homem mata companheira a facadas e depois tira a própria vida em Fortaleza

Feminicídio aconteceu dentro da residência da vítima. O suspeito foi socorrido para o hospital, mas morreu no caminho. Siga o   Diário Sobra...

Feminicídio aconteceu dentro da residência da vítima. O suspeito foi socorrido para o hospital, mas morreu no caminho.

Siga o Diário Sobralense no Google Notícias e acompanhe as notícias do dia em primeira mão.

Mais um feminicídio foi registrado no Ceará. Um homem matou a companheira a facadas e depois tirou a própria vida, no bairro Conjunto Esperança, em Fortaleza, na madrugada da última sexta-feira (1º).

Kelcy Campos tinha 31 anos e foi morta a facadas dentro de casa / Foto: Reprodução

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) confirmou que "uma mulher de 31 anos foi atingida por um objeto perfurocortante e veio a falecer na própria residência. Após o crime, o homem de 28 anos atentou contra a própria vida".

O homem foi socorrido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas morreu no trajeto para o hospital.

Segundo a SSPDS, a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foi acionada e colheu indícios que vão auxiliar nas investigações do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE).

VEJA MAIS

A reportagem apurou que a vítima se trata de Kelcy Campos, que se identificava nas redes sociais como noiva de Thayronne Veras.

Amigos de Kelcy lamentaram o crime nas redes sociais.

"Hoje, o meu dia amanheceu com a notícia da sua perda. Linda, cheia de vida, essa é a imagem que quero levar sua. Você foi especial pra mim até o último momento, mesmo um pouco distantes por conta da correria da vida, nunca deixamos de nos falar e considerar uma a outra. Te amo e sempre vou lembrar de você, minha amiga", publicou uma amiga.

"Hoje, tive uma notícia triste de alguém próximo da minha família, a cunhada do meu irmão foi morta covardemente pelo próprio marido. Vocês mulheres que sofrem agressão de homens, denunciem, não fiquem com medo. Falem com seus parentes sobre a agressão, porque, depois que eles cumprem com a palavra, a família não pode fazer mais nada, somente lamentar e conviver com a perda", publicou outro amigo.

Fonte: Diário do Nordeste

Related

Ceará 5570934110495860878

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook



Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item