SP: corpo de menina de 12 anos desaparecida tinha sinais de violência

Lara Maria Nascimento, de 12 anos, foi morta ao sair para comprar refrigerante, em Campo Limpo Paulista. Menina foi achada em área de mata C...

Lara Maria Nascimento, de 12 anos, foi morta ao sair para comprar refrigerante, em Campo Limpo Paulista. Menina foi achada em área de mata

Créditos: Metrópoles

São Paulo – O corpo da adolescente Lara Maria Oliveira Nascimento, de 12 anos, foi encontrado com sinais de violência neste sábado (19/3), três dias após desaparecer ao comprar refrigerante em Campo Limpo Paulista, interior de São Paulo.

Foto: Reprodução

Segundo o delegado do caso, Rafael Diório, exames necroscópicos serão realizados para determinar a causa da morte da menina e a quais tipos de violência Lara Maria foi submetida antes de ser morta.

“O estado em que o corpo foi encontrado bate com a data em que ela desapareceu. Havia sinais de violência e, por isso, serão realizados exames necroscópicos para determinar quais tipos de violência ela sofreu. Nada foi encontrado próximo ao corpo”, apontou o delegado em entrevista à TV Tem, afiliada da TV Globo.

Lara Maria desapareceu na última quarta-feira (16/3), por volta de 13h. Ela saiu de casa para ir comprar refrigerante em uma mercearia a 500 metros da sua residência e não voltou mais. Os pais registraram o sumiço da menina por volta de 15h, quando foram iniciadas as buscas.

Peritos e policiais examinaram a área onde foi achado o corpo, em um terreno próximo de onde a adolescente sumiu. Cães farejadores ajudaram nas buscas nos últimos três dias.

VEJA MAIS
“Ela saiu da escola, chegou em casa e pediu para a mãe dela dinheiro para comprar refrigerante, e foi ao mercadinho. A funcionária [do estabelecimento] ficou olhando ela até a metade do caminho, mas chegou um cliente e ela foi atendê-lo”, afirmou Tainá de Oliveira Gonçalves, prima de Lara, ao Metrópoles.

Homem viu corpo

O corpo da adolescente de 12 anos foi encontrado por um morador do Jardim São João, em Francisco Morato. O homem foi cortar lenha para uma vizinha quando avistou o cadáver da criança no matagal. Ele voltou para pedir ajuda à vizinha, que ligou para polícia e avisou.

A polícia esperou que a família reconhecesse o corpo e as roupas usadas por Lara Maria para determinar que se travava da menina. O caso foi registrado como homicídio. Imagens de câmeras de segurança serão analisadas.

Siga o Diário Sobralense no Google Notícias e acompanhe as notícias do dia em primeira mão.

Related

Brasil 3870886073970793677

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook



Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item