Homem agride mulher e ameaça motorista em carro de aplicativo; vídeo

Condutor filmou a violência pelo seu celular, logo após agressor dar tapa na mulher, durante percurso na Cidade Ocidental, no Entorno do DF ...

Condutor filmou a violência pelo seu celular, logo após agressor dar tapa na mulher, durante percurso na Cidade Ocidental, no Entorno do DF

Créditos: Metrópoles


Foto: Reprodução

Um motorista de aplicativo flagrou, pela câmera de seu celular, o momento em que um passageiro agrediu a companheira, ao lado dele no banco de trás, enquanto o casal fazia um percurso na Cidade Ocidental, no Entorno do Distrito Federal. As imagens mostram que o homem deu um tapa na mulher, que chorou e pediu para que parasse com a agressão.

O vídeo mostra que o motorista pediu para o passageiro parar com a violência contra a mulher, assim que o casal começou a discutir dentro do carro. De acordo com a Polícia Militar (PM), o vídeo foi gravado na sexta-feira (25/2) e começou a circular em redes sociais.

Discussão no carro

Motorista: Não bate nela dentro do carro, não, por favor.

Agressor: Segue, por favor.

Motorista: Não. Só não bate nela dentro do carro.

Agressor: Pode seguir.

Motorista: Você vai me bater também?

Agressor: Se for necessário, eu bato.

Motorista: Meu pai é PM. Aí é outra história.

Agressor: Então, segue para o lugar onde você tava [sic].

Motorista: Fala baixo porque você está dentro do meu carro. Senão boto [sic] você para descer bem aqui.

Agressor: Então, faça eu descer.

Motorista: Desce do carro, senão eu ligo para o meu pai aqui agora.

Agressor: Faça eu descer.

Motorista: Desce do meu carro, por favor.

Agressor: Então, me tire daqui. Pode ligar para os homens [policiais].

Motorista: Vou ligar para o meu pai. Só não quero que trisque o dedo nela até eu levar ela na sua casa.

Agressor: Então, siga.

Motorista: O que você vai fazer com ela lá é problema seu.

Agressor: Exatamente. Então, siga.

A gravação também mostra que, em seguida, o motorista seguiu viagem até o destino. Durante todo o percurso, a mulher continuou chorando no banco de trás.

VEJA MAIS

Casal identificado pela PM

Os policiais militares informaram que a vítima e o suspeito foram identificados, mas a mulher não quis denunciar o agressor.

Segundo a PM, não foi possível realizar prisão em flagrante do agressor, já que a mulher não apresentava lesões no corpo em razão da violência. No entanto, o caso foi encaminhado para a Polícia Civil, que instaurou investigação.

O Metrópoles não encontrou contato do motorista e do casal, já que os nomes deles não foram divulgados, mas o espaço segue aberto para manifestações.

Siga o Diário Sobralense no Google Notícias e acompanhe as notícias do dia em primeira mão.

Related

Brasil 5821954294603963591

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook



Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item