Por que a garrafa de óleo tem 900 ml e não 1 litro? Entenda

Motivo se dá por conta de logística industrial, mas gera curiosidade e até revolta em brasileiros Um detalhe aparentemente pequeno, mas que,...

Motivo se dá por conta de logística industrial, mas gera curiosidade e até revolta em brasileiros

Um detalhe aparentemente pequeno, mas que, no fundo, faz muita diferença para os consumidores que vão ao mercado comprar óleo: já reparou que as garrafas tem 900 ml e não um litro? Há quem nunca tenha percebido, entretanto, muitas pessoas acabam se revoltando com tal quantidade. Mas o motivo, apesar de pouco conhecido, é justificado pela Associação Brasileira de Indústrias de Óleos Vegetais e vai muito além de estratégia de marketing e rentabilidade de venda do produto.

Foto: Reprodução

 
Assim como diversas indústrias presentes no Brasil, as máquinas utilizadas no segmento de óleos para evasão do produto dentro das embalagens finais são importadas dos EUA. Acontece que, por conta disso, o sistema de medição seguido é o Imperial, o qual adota a medida galão no lugar de litro. Nos EUA, um galão equivale a 3,6 litros, portanto, para haver uma evasão equilibrada e próxima do litro, foi decidido que o valor total seria dividido por quatro, segundo a ABIOV.

Óleos vegetais e saúde

No Brasil, o consumo anual de óleos vegetais ultrapassa 3,7 milhões de toneladas. Entretanto, a nutricionista Luanna Caramalac explica que o alimento aumenta a mortalidade na medida em que é rico em ômega 6 e gordura trans (gordura hidrogenada). “Esse tipo de gordura aumenta a presença de radicais livres no sangue, o que promove câncer, doenças cardíacas e outras doenças crônicas não transmissíveis”, explica a especialista.

 VEJA MAIS


Substituições mais saudáveis para o uso de óleo vegetal

Azeite de oliva extravirgem

O azeite é a segunda opção de óleo mais consumido no Brasil. Conhecido por ser benéfico para a saúde, a opção tem alto nível de antioxidantes e gorduras consideradas saudáveis, o que auxilia na prevenção de inúmeras doenças, principalmente cardíacas e vasculares, tais como diabetes e obesidade.

Óleo de coco

Feito a partir da gordura do coco, fresco ou seco, este alimento é uma opção saudável e que pode ser encontrada em duas versões: extra-virgem e refinado, sendo o primeiro a melhor em termos de benefícios para a saúde, por não passar por nenhum processo de refinamento, o qual faz perder nutrientes por conta das altas temperaturas.

Manteiga ghee

Também conhecida como manteiga clarificada, é uma opção purificada e mais saudável da versão original. Livre de lactose, sem gorduras trans e conservantes e rico em vitamina A, E, D, K e ômega 3 e 9, a opção auxilia com a imunidade, manutenção de saúde física e mental, alívio muscular, entre outros.

Óleo de abacate

Extraído diretamente da polpa do abacate, o óleo é uma das opções mais saudáveis, repleto de gorduras boas e que auxilia com controle de colesterol, emagrecimento, digestão e imunidade.

Óleo de semente de uva

Rico em vitamina E, compostos fenólicos e antioxidantes. As gorduras polinsaturadas, como ômega 6, combinadas a uma alimentação equilibrada, auxilia na saúde do coração, tal como o envelhecimento da pele.

Fonte: Band Receitas

Related

Gastronomia 6799623196329744560

Veja também

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook

Acompanhe-nos!


Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item