Médico que manteve namorada em cárcere é réu por acidente que resultou em morte de mulher | Diário Sobralense News

Médico que manteve namorada em cárcere é réu por acidente que resultou em morte de mulher

O médico de 39 anos preso na última segunda-feira (23), por suspeita de agredir com socos e manter a namorada em cárcere privado em Juazeiro...

O médico de 39 anos preso na última segunda-feira (23), por suspeita de agredir com socos e manter a namorada em cárcere privado em Juazeiro do Norte, é réu na Justiça do Ceará desde setembro de 2012 pelo crime de homicídio culposo na direção de veículo que resultou na morte de uma mulher.

Receba notícias do Diário Sobralense pelo Google Notícias | Facebook | Twitter | Telegram


Foto: Antonio Rodrigues/Sistema Verdes Mares

O processo tramita na 1ª Vara da Comarca de Brejo Santo e está na fase de alegações finais por memoriais, última peça processual apresentada pelas partes antes do juiz definir sentença.

Segundo a denúncia do Ministério Público, em 6 de março de 2011 o médico, que ainda era estudante de medicina, conduzia uma caminhonete em alta velocidade quando sofreu um acidente em um trecho da BR-116, de Brejo Santo a Milagres.

Durante o acidente, Rafaela Melo Rolim, que tinha 29 anos, foi arremessada do veículo e morreu no local.

O Ministério Público pediu a condenação do réu pelo crime, com o agravante de que ele não possuía permissão para dirigir ou não tinha carteira de habilitação.

A defesa do médico não apresentou a defesa final no processo. Porém, na defesa prévia, dele alegou que o cliente não estava em alta velocidade e não havia ingerido bebida alcoólica, pedindo a absolvição.

O g1 procurou o advogado do acusado, mas ele afirmou que não iria comentar o caso. O g1 também solicitou ao Tribunal de Justiça (TJCE) informações sobre o processo que tramita há mais de 10 anos, mas até a publicação desta matéria não recebeu resposta.

Conforme a Polícia Civil, o médico possui antecedentes criminais pelo crime de administração pública.

Agressões contra a namorada

A prisão do médico ocorreu após as amigas na vítima acionarem a polícia. Devido à gravidade das agressões, a mulher de 22 anos, que mantinha um relacionamento por cerca de dois meses com o médico, perdeu partes dos dentes da frente.


De acordo com informações da PM, as agressões inicialmente aconteceram em Fortaleza, quando a vítima veio para a capital a pedido do suspeito no último sábado (21). Ainda no final de semana, o agressor foi com a mulher para a região do Cariri, onde ela foi mantida em cárcere e proibida de manter contato com amigos e familiares.

Em seguida, o médico a levou de volta para Juazeiro do Norte, onde as agressões física e psicológica continuaram em uma casa situada no Bairro Planalto.

O casal foi levado à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Juazeiro do Norte, onde o médico foi autuado em flagrante por lesão corporal e cárcere privado.

Fonte: G1 CE

Related

Ceará 408055349516496327

Destaques da semana

Links indicados

Total de visualizações

Rádio Online ao Vivo

Jornal Paraíso

R DIAS CONSTRUÇÕES

Siga-nos nas nossas redes!

item