Trio confessa ter matado duas mulheres para comer partes dos corpos e satisfazer desejos sexuais

Um trio foi preso na Índia sob acusação de torturar, assassinar e comer partes dos corpos de duas mulheres, segundo a polícia de Kerala. Os ...

Um trio foi preso na Índia sob acusação de torturar, assassinar e comer partes dos corpos de duas mulheres, segundo a polícia de Kerala. Os três confessaram ter matado as vítimas para satisfazer desejos sexuais.

Receba notícias do Diário Sobralense pelo Google Notícias | Facebook | Twitter | Telegram

Trio preso torturar, assassinar e comer partes dos corpos de duas mulheres na Índia Foto: Divulgação/Kerala Police

Muhammad Shafi, um estuprador condenado que cumpriu pena por agressão sexual a uma mulher de 75 anos, Bhagaval Sing, poeta haicai e dono de uma casa de massagem, e sua esposa, Laila Singh, que ajudou a administrar o negócio, são acusados ​​de sacrifício humano, tortura, assassinato, desmembramento e consumo parcial de carne duas mulheres na faixa dos 50 anos, segundo a polícia de Kerala. Eles foram interrogados na quarta-feira (12/10), um dia após a prisão.

O trio pode ter matado outras pessoas, teme a polícia, mas eles são acusados ​​dos assassinatos de Padmam e Rosly – identificadas assim nos meios de comunicação indianos. O alarme foi dado pela irmã de Padmam, que disse à polícia que a vítima foi vista pela última vez no carro de Shafi, em 26 de setembro.

Acredita-se que Shafi tenha sido o mentor do casal, e todos os três dizem que ele teve um relacionamento sexual com Laila – geralmente na presença do marido dela.

Shafi é acusado de matar Padmam, enquanto Laila é acusada de assassinar e decapitar Rosly. Seu marido é acusado de cortar os seios de Rosly para consumo.

"Está agora provado que ele (Shafi) é um psicopata e um pervertido sexual, aquele que obtém prazer sexual e fazendo qualquer coisa, até mesmo matar, por isso", disse o comissário de polícia de Kerala ao "India Times". Ele aparentemente atraiu os Singh anunciando ajuda financeira em um site falso do Facebook e um interesse fictício na poesia japonesa.

Os assassinatos, que supostamente ocorreram em 6 de junho e 26 de setembro, formam a base do processo contra o trio. De acordo com os investigadores da polícia local, Shafi instruiu os Singh a atrair as vítimas – ambas vendedoras de loteria – para sua casa, onde foram assassinados.

Veja também:


Em uma versão anterior, Laila teria admitido à polícia que havia comido a carne de Rosly com a promessa de prosperidade financeira e que seu marido havia consumido os órgãos genitais de Padmam para manter sua juventude. Após os dois assassinatos, diz-se que Laila fez sexo com Shafi enquanto o marido orava.

As partes do corpo desmembradas que não foram consumidas foram escondidas em uma cova no jardim da casa de Bhagaval e descobertas depois que os investigadores escavaram a área, segundo a polícia.

"Os assassinatos foram brutais, as mulheres foram mortas 24 horas após o desaparecimento", disse o comissário de polícia da cidade de Kochi, CH Nagaraju, que liderou a investigação inicial, à mídia local. "A maneira de matar é indescritível", acrescentou.

Fonte: Extra

Related

Mundo 5398910034184605309

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook



Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item