Por que a varíola dos macacos se espalhou pelo mundo?

A doença identificada em 1958 intriga pesquisadores, que tentam entender as causas da velocidade do novo surto, que se propaga também pelo c...

A doença identificada em 1958 intriga pesquisadores, que tentam entender as causas da velocidade do novo surto, que se propaga também pelo contato sexual.

Créditos: DOL / Com informações Isto é

A varíola dos macacos é transmitida pelo vírus monkeypox, o período de incubação da varíola dos macacos é geralmente de seis a 13 dias, mas pode variar de cinco a 21 dias, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Foto: Reprodução

A transmissão ocorre por contato próximo com lesões, fluidos corporais, gotículas respiratórias e materiais contaminados, como roupas de cama. E, segundo o órgão de saúde, a transmissão de humano para humano está ocorrendo entre pessoas com contato físico próximo com casos sintomáticos.

Mas você sabe por que a varíola dos macacos se espalhou somente agora ?

Desde que extrapolou as fronteiras da África em maio, a varíola dos macacos (monkeypox) já se espalhou por 65 países e infectou quase 10 mil pessoas, diz o relatório mais recente da Organização Mundial da Saúde (OMS), da semana passada. No Brasil, já foram contabilizados 592 casos, a maioria em São Paulo – mas especialistas acreditam que o vírus esteja mais espalhado, em meio às dificuldades de teste e diagnóstico.

A doença já foi identificada pela ciência desde 1958, mas agora médicos e pesquisadores tentam entender as causas da velocidade do novo surto e debatem a melhor forma para conter essa ameaça sem aumentar o estigma sobre os grupos mais vulneráveis ao vírus. Entre as estratégias, eles defendem campanhas de orientação focadas e vacinas.

Antes, a doença estava mais restrita a áreas rurais da África central e continental. Ainda não há consenso sobre o motivo do contágio mais veloz. A transmissão sexual ainda é investigada pelos pesquisadores.

A teoria mais difundida entre cientistas é de que isso ocorreu por causa de uma série de mutações no vírus, que depois encontrou na população HSH um primeiro nicho de disseminação.

Veja também:

A OMS estima que 98% dos casos de varíola dos macacos notificados em todo o mundo sejam entre “homens que se relacionam com homens” (HSH), o que engloba o grupo de gays e bissexuais, mas não se restringe a eles.

No Brasil, médicos de São Paulo relatam percepção semelhante e o boletim mais recente do Ministério da Saúde aponta que essa população corresponde a 100% dos pacientes que declararam a orientação sexual na hora do diagnóstico. Ainda não se sabe o motivo de o contágio ser maior neste grupo.

Siga o Diário Sobralense no Google Notícias e acompanhe as notícias do dia em primeira

Related

Saúde 5355482034961766180

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook



Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item