Mexicano foi visto com cabeleireira antes dela ser morta

Daniel Ospina é o principal suspeito pela morte da cabeleireira Sandra Maria, encontrada morta num apartamento em SP Com informações de TV B...

Daniel Ospina é o principal suspeito pela morte da cabeleireira Sandra Maria, encontrada morta num apartamento em SP

Com informações de TV Band/UOL

A cada sete horas uma mulher é morta no Brasil por causa da condição de gênero, segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública. Somente no ano passado (2021), foram 1.340 feminicídios registrados em todo país. As estatísticas mostram que 82% dos acusados são companheiros e ex-companheiros das vítimas.

 Sandra Maria da Silva e Daniel Ospina, que está foragido | ( Reprodução )

Esta semana, o caso da cabeleireira Sandra Maria de Sousa Silva, encontrada morta no apartamento onde morava no centro de São Paulo (SP), no último domingo (24), entrou para o rol da violência contra as mulheres. O companheiro dela, o mexicano Daniel Ospina Garcia, é o principal suspeito de ter matado Sandra a golpes de faca.

Imagens do circuito de segurança do condomínio mostram que ele foi a última pessoa vista com Sandra antes de ela ter sido morta. Também foi a última vez em que a cabeleireira foi vista em vida.

A Justiça já decretou a prisão preventiva do suspeito, que está na condição de foragido. A filha da vítima, de 8 meses de vida, estava no berço ao lado da cama. A menina ficou por dois dias sem água e sem comida.

Veja também:
As imagens obtidas do circuito interno foram obtida pelo jornalismo da TV Band, ao qual a RBATV é afiliada, e exibida Brasil Urgente. O vídeo mostra que por volta das 15h do dia do crime, a cabeleireira sai sozinha do apartamento e entra no elevador. Em seguida, o suspeito também sai da casa da vítima. Minutos depois os dois voltam juntos e entram no apartamento.


Quatro horas depois, o mexicano deixa a casa da vítima vestido com outra roupa, de boné, carregando uma mala e com uma mochila nas costas. Ele chega a olhar para a câmera de segurança e sorri. Como você pode assistir:


A Polícia Civil já sabe que Daniel Ospina entrou de forma ilegal no Brasil e cometeu diversos crimes no país. Os agentes estiveram em endereços onde o suspeito poderia estar, mas ele não foi localizado.A polícia acredita que a motivação do crime tenha sido passional. O mexicano não aceitava o fim do relacionamento. A perícia confirmou que Sandra não estava grávida e digitais do ex-namorado foram encontradas em vários objetos dentro do imóvel. As investigações estão sendo feitas pela 1ª Delegacia de Defesa da Mulher de São Paulo.

Siga o Diário Sobralense no Google Notícias e acompanhe as notícias do dia em primeira

Related

Brasil 6688980829715925031

Veja também

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook

Acompanhe-nos!


Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item