Carneiro é condenado a três anos de prisão por chifrar e matar mulher

Um tribunal do Sudão do Sul, país do oriente, julgou e condenou um carneiro a três anos de prisão por matar uma mulher. O animal deu diversa...

Um tribunal do Sudão do Sul, país do oriente, julgou e condenou um carneiro a três anos de prisão por matar uma mulher. O animal deu diversas chifradas na vítima e foi detido.

Redação: Bnews

Receba as notícias do Diário Sobralense no seu Telegram

Reprodução R7

O caso bizarro foi registrado no início de maio, na província de Rumbek East. O caprino atacou Adhieu Chaping, de 45 anos e quebrou três costelas dela.


A vítima, infelizmente, faleceu no local antes de receber o devido atendimento médico.

O animal agora ficará detido em uma instalação militar regional. Já o dono do carneiro, Duony Manyang Dhal, terá que dar cinco vacas à família da vítima, como forma de compensação.

Todos são parentes e formalizaram o acordo com líderes comunitários. De acordo com as tradições do país, o 'animal assassino' também será dado aos familiares da vítima.

Siga o Diário Sobralense no Google Notícias e acompanhe as notícias do dia em primeira

Related

Mundo 7174079804622723672

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook



Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item