Chacina de Monsenhor Tabosa: quem são os presos e quais as participações em cada crime

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) divulgou detalhes da mega operação que culminou na prisão de oito pessoas...

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) divulgou detalhes da mega operação que culminou na prisão de oito pessoas ligadas à chacina do município de Monsenhor Tabosa, nesta terça-feira (24) que vitimou dois homens e duas crianças.

Siga o Diário Sobralense no Google Notícias e acompanhe as notícias do dia em primeira


Foto: Reprodução

A investigação levantou que o principal alvo dos executores seria o José Eieldo Lima da Silva (Zé Manga), que não estava no local no momento das execuções, no entanto, seu pai Joaquim Nunes da Silva foi morto e outras parentes foram baleadas.

José Eieldo Lima da Silva

Na sua casa, ele informou aos policiais que estava com um revólver calibre 38 para a sua proteção pessoal, bem como duas pistolas 9 mm e uma vasta quantidade de munições.

Elson Lima Alves e João Paulo Alves de Lima

Os dois estavam próximos do local em uma outra residência, com o suporte de Eieldo, duas granadas e um revólver calibre 38. Eles ainda tentaram fugir pulando o muro, mas o imóvel estava cercado.

O trio foi capturado a tarde em Monsenhor Tabosa, onde foram autuados em flagrante na Delegacia Municipal. No começo da noite, cinco foram alçados após uma caçada intensa da Polícia Civil, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal, em Canindé.

Entre eles, Romário, considerado o chefe de uma organização criminosa responsável pela matança.

Francisco Romário Lima Pereira

Romário era procurado pela Polícia desde 2019 e contra ele, há vários mandados de prisão por envolvimento em homicídios na região. Residente no bairro Carrapicho, o homem de 26 anos era considerado pelas forças de segurança como um dos mais perigosos e temidos na cidade.

Victor Hugo Alves da Silva

Ele havia saído da cadeia a poucos meses, mas estava novamente na mira dos policiais dado também o seu envolvimento nos crimes de pistolagem. Victor Hugo é filho de um suplente de vereador no município e suspeito de ser autor de um homicídio ocorrido em abril passado, dentro de um clube em Tamboril.

Os outros nomes ainda não foram divulgados, mas segundo a pasta, mais detalhes serão repassados posteriormente, após a conclusão dos procedimentos policiais.

Os assassinados

Francisco das Chagas Pereira dos Santos, 40
Joaquim Nunes da Silva, 70
João Francisco Lima Santos, 12
Marcelo Lima Santos, 14

Os feridos

Elissandra de Sousa Lima, 11
Luciane de Sousa Lima, 10
Antônia Gisele Lima da Silva, 18

Em Monsenhor Tabosa, segundo o secretário Sandro Caron, estão trabalhando nas diligências equipes das Polícias Civil e Militar, COTAR, RAIO e outras voltadas para investigação, o que ele considera um "resultado muito positivo" com os oito interceptados.

Veja também:




Caron assegurou ainda que o reforço permanecerá no município por, pelo menos, um mês. "Nós seremos implacáveis contra o crime organizado no município de Monsenhor Tabosa e em toda a região", destacou em entrevista.

Fonte: Portal A Voz de Sta. Quitéria

Related

Ceará 135249183227398408

Veja também

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook

Acompanhe-nos!


Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item