Homem é preso após tentar estuprar menina de 12 anos em Copacabana; vídeo

Vítima ia para a escola quando foi atacada e conseguiu fugir. A polícia prendeu Juliano de Jesus Batista da Silva, de 36 anos, após analisar...

Vítima ia para a escola quando foi atacada e conseguiu fugir. A polícia prendeu Juliano de Jesus Batista da Silva, de 36 anos, após analisar as imagens de câmeras de segurança.

Siga o Diário Sobralense no Google Notícias e acompanhe as notícias do dia em primeira mão.

Foto: Reprodução

Agentes da 12ª Delegacia de Polícia (Copacabana) prenderam nesta terça-feira (12) Juliano de Jesus Batista da Silva, de 36 anos, suspeito de tentar estuprar uma menina de 12 anos, em Copacabana, na Zona Sul do Rio (veja o vídeo acima).

O crime aconteceu na última sexta-feira (7), quando ela ia para a escola, por volta das 7h. A adolescente seguia pela Rua Tonelero, em Copacabana, quando viu Juliano se aproximando.

No vídeo, é possível ver que Juliano segura a menina pelo braço e tenta um contato no rosto. No primeiro momento, a jovem evita o contato físico, mas ele insiste e consegue beijar o pescoço da adolescente.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito ainda jogou a menina no chão e ela quase foi atropelada por um carro que passava na rua. Em seguida, a adolescente conseguiu fugir na direção da escola.



A polícia prendeu o agressor após analisar imagens de câmeras de segurança. Os agentes encontraram Juliano na Praça Cardeal Arcoverde, também em Copacabana.

Segundo a Polícia Civil, no momento da prisão, Juliano admitiu que tentou abusar de uma menina na rua Tonelero. Na delegacia, Juliano disse que não sabia explicar o motivo do ataque, mas que ele sentiu vontade de agarrar aquela jovem.

VEJA MAIS

Acompanhada da mãe, a vítima voltou à delegacia e reconheceu o preso como o autor do ataque. Juliano irá responder pelos crimes de tentativa de estupro de vulnerável; lesão corporal; e ameaça.

Preso em março

Durante as investigações para tentar encontrar o suspeito, os policiais descobriram que Juliano foi preso em flagrante no dia 15 de março desse ano, pelo crime de dano ao patrimônio público. Na ocasião, Juliano jogou pedras contra uma viatura da Polícia Civil.

Fonte: G1

Related

Brasil 1220150477862291145

Veja também

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook



Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item