Adolescente morre após cair com bicicleta em buraco de obra em Cabeceiras

Declaração é de moradores das redondezas. Prefeitura alega que local estava sinalizado. Polícia investiga de houve negligência Créditos: Mai...

Declaração é de moradores das redondezas. Prefeitura alega que local estava sinalizado. Polícia investiga de houve negligência

Créditos: Mais Goiás 

Moradores do município de Cabeceiras, no Entorno do Distrito Federal (DF), relatam que o adolescente de 13 anos que morreu após cair com a bicicleta que conduzia dentro do buraco de uma obra inacabada é a terceira vítima a se acidentar no local em menos de uma semana. A prefeitura alega que a obra é de responsabilidade de uma empresa privada. A Polícia Civil investiga o caso.

Foto: Reprodução

Segundo os moradores, o buraco foi aberto no dia 4 de abril para condução de uma obra da prefeitura da cidade, mas os trabalhos não foram finalizados e a vala continua aberta sem a devida sinalização. Desde sua abertura, ao menos três pessoas já teriam se acidentado no local, entre elas uma criança, também com bicicleta, e um motociclista.

Adolescente morre após cair no buraco

O caso mais recente aconteceu no último domingo (10) quando um adolescente andava de bicicleta, na companhia do primo, próximo à casa onde morava com a família e caiu no buraco de aproximadamente 3 metros de profundidade. O primo avisou os familiares que levaram o menor para o Hospital Municipal de Cabeceiras, mas ele não resistiu aos ferimentos.

Nota da prefeitura

Em nota, a Prefeitura de Cabeceiras informou que a obra é realizada por uma empresa terceirizada e o buraco foi aberto devido a infiltrações de águas pluviais e um rompimento de pavimentação. Disse ainda que havia sinalização ao redor do buraco e o tráfego de pessoas e veículos pela região estava bloqueado.

“A Prefeitura de Cabeceiras presta todos os esclarecimentos necessários a fim de colaborar com a investigação”, completou em nota.


Investigação

A Polícia Civil investiga se houve negligência da administração municipal, da empresa privada ou se algum morador retirou a sinalização para passar pelo local. O caso segue sob a responsabilidade do delegado Thiago César de Oliveira.

Siga o Diário Sobralense no Google Notícias e acompanhe as notícias do dia em primeira mão.

Related

Brasil 8498117861382010440

Veja também

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook

Acompanhe-nos!



Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item