Protetor de animais se recusa a deixar Ucrânia e abandonar cerca de 400 animais em abrigo

Em meio a guerra na Ucrânia , alguns exemplos incríveis de amor e dedicação se destacam. Andrea Cisternino é um italiano que levava a vida c...

Em meio a guerra na Ucrânia, alguns exemplos incríveis de amor e dedicação se destacam. Andrea Cisternino é um italiano que levava a vida como fotógrafo antes de se casar com uma mulher ucraniana há 13 anos, mudando para uma cidade perto da capital Kiev.

Foto: Reprodução

O ativista animal possui um abrigo com cerca de 400 cães resgatados da rua. A ideia de abandonar o país e deixá-los para trás é inconcebível. Mas esta não é a primeira vez que Cisternino precisa se manter corajoso pelos animais.

VEJA MAIS
Há algum tempo atrás, enquanto aconteciam os campeonatos de futebol da Euro, o protetor foi alvo de 'caçadores de cães' que procuravam localizar os animais para uma recompensa. Na época, o governo estava dando licenças e dinheiro para quem matasse cães de rua. Com isso, teve seu abrigo incendiado.

Siga o Diário Sobralense no Google Notícias e acompanhe as notícias do dia em primeira mão.

Fonte: Portal 96 FM

Related

Mundo 797113581384577473

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook



Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item