Filha do cantor Belchior é condenada por matar metalúrgico a facadas

Isabela Belchior foi condenada por esfaquear o metalúrgico Leizer Santos em assassinato cometido em agosto de 2019, no interior de São Paulo...

Isabela Belchior foi condenada por esfaquear o metalúrgico Leizer Santos em assassinato cometido em agosto de 2019, no interior de São Paulo

Siga o Diário Sobralense no Google Notícias e acompanhe as notícias do dia em primeira mão.

São Paulo – Isabela Meneghelli Belchior, filha do cantor Belchior, foi condenada a 9 anos de prisão pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver em julgamento encerrado por volta das 3h desta quarta-feira (23/3).

Foto: Reprodução

Isabela (na foto em destaque, à esquerda, ao lado de Jaqueline, sua ex-namorada) e outros dois acusados, ambos condenados a 11 anos de prisão na sentença proferida nesta madrugada, foram responsabilizados pelo assassinato do metalúrgico Leizer Buchwieser dos Santos. O crime ocorreu em agosto de 2019, na cidade de São Carlos, no interior de São Paulo.

Os irmãos Estefano Rodrigues e Bruno Thiago Dornelas Rodrigues acabaram sentenciados a 11 anos de prisão cada um – também pelas acusações de homicídio e ocultação de cadáver.

Namorada de Isabela e irmã dos condenados, Jaqueline Priscila Dornelas Chave foi absolvida das acusações.

VEJA MAIS
Sandra Mara de Oliveira, advogada dos irmãos Dornelas, disse ao G1 que não vai recorrer da decisão.
Caso de pedofilia

Gilberto de Aquino, delegado responsável pela investigação do crime, afirmou que o metalúrgico tinha histórico associado a crimes de pedofilia.

“Sabiam que a vítima queria cometer um crime e extorquiram a vítima no local e se apropriaram do dinheiro”, disse o delegado, segundo o G1.

O corpo de Leizer dos Santos foi encontrado em um canavial, queimado, com as mãos e os pés amarrados em uma área rural de São Carlos em 1º de setembro de 2019.

De acordo com relatos dos acusados, o plano do grupo seria agendar suposto encontro com uma criança e, no local, tentar intimidar e extorquir o metalúrgico.

Em uma casa no bairro de Jardim Tangará, o homem entregou o dinheiro e, antes de ter acesso à criança, começou a ser ofendido pelos acusados. Ele reagiu. Teve início uma briga. E o metalúrgico acabou esfaqueado e morto.

O corpo de Leizer dos Santos foi abandonado em outra área e queimado com gasolina.

Fonte: Metrópoles

Related

Brasil 5429826557055585052

Veja também

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook

Acompanhe-nos!


Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item