Conheça o Axolote: a salamandra sensação da internet

Se você fica horas nas redes sociais , é provável que já tenha visto uma foto ou vídeo de um axolote. Trata-se de uma simpática salamandra m...

Se você fica horas nas redes sociais, é provável que já tenha visto uma foto ou vídeo de um axolote. Trata-se de uma simpática salamandra mexicana que parece estar sempre sorrindo.
Foto: Reprodução

Em um mundo que ama emojis e rostos expressivos, não é surpresa para ninguém que esse animalzinho esteja se convertendo em uma espécie de celebridade da web. Contudo, a fama não está livrando esse anfíbio de ter um futuro terrível: seu desaparecimento na natureza.

(Fonte: Pexels)

Por que os axolotes estão desaparecendo no México?

O axolote é uma espécie curiosa de salamandra. Ao contrário de outros anfíbios, ele não abandona a fase larval depois de adulto. Isso faz com que preserve características comuns às larvas, como a cauda e as brânquias.

Por serem animais aquáticos, os axolotes são muito sensíveis à qualidade da água. Como você deve supor, isso é um problema para a maioria das espécies aquáticas que vivem nos canais e lagos da Cidade do México, uma das maiores metrópoles do planeta.

Além do esgoto, as águas da cidade ainda recebem resíduos de pesticidas e fertilizantes usados na agricultura. Para completar o problema, espécies de peixes não nativas foram introduzidas aos lagos mexicanos, desequilibrando a cadeia alimentar. Para essas espécies, os axolotes são presas perfeitas.

O resultado desse cenário pouco amigável é uma drástica queda populacional dos axolotes na natureza — e esse é um problema antigo. Dados publicados pelo Yahoo News! mostraram que, em 1998, havia 1,5 mil axolotes por milha quadrada. Em 2008, esse número caiu para apenas 25.

Em 2014, o aparecimento do animal no lago Xochimilco, na capital mexicana, foi celebrado e se tornou notícia mundial. Isso porque os únicos ambientes naturais que podem servir de habitat para esses animais são os lagos mexicanos.

(Fonte: Pexels)

Axolotes vivem aos montes em lojas de animais e laboratórios

Bem, como vimos, viajar para a Cidade do México não é uma boa ideia se o seu objetivo é ver um axolote. Nesse caso, você tem duas opções: ir a uma loja de animais ou visitar um laboratório em alguma universidade que estuda regeneração de membros.

Como o axolote se converteu em uma espécie popular de pet de estimação, não é difícil comprá-lo, inclusive, pela internet. Contudo, isso não anima os cientistas que estudam o animal. Em primeiro lugar, porque a ausência de axolotes nos lagos mexicanos é um triste indicador da alta poluição das águas — um problema que afeta várias espécies, inclusive a humana.

VEJA MAIS
Em segundo lugar porque esse bichinho pode conter respostas sobre um tema muito interessante: a regeneração de membros. O axolote consegue regenerar completamente seus membros, espinha e até partes do cérebro. Por isso, ele pode contribuir para avanços na medicina — mas isso, é claro, só se a fama lhe garantir a sobrevivência na natureza.

Fonte: megacurioso.com.br

Related

Animais 6222258831271210935

Veja também

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook

Acompanhe-nos!


Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item