Facção de macaco? Primatas já mataram mais de 200 cachorros na Índia

População acredita em vingança; dois macacos foram capturados pelas autoridades locais O comportamento dos macacos da cidade de Majalgaon, ...

População acredita em vingança; dois macacos foram capturados pelas autoridades locais

O comportamento dos macacos da cidade de Majalgaon, no distrito de Beed, na Índia, tem preocupado a população e intrigado as autoridades locais. Recentemente, a população relatou que os animais já mataram cerca de 250 cachorros depois de jogá-los de prédios e lugares altos. Alguns teriam sido colocados em árvores ou telhados, onde morreram sem comida. No entanto, segundo as autoridades locais, somente quatro casos foram registrados da aldeia de Lavool, que fica a cerca de 10km de Majalgaon. O caso viralizou na internet e já chamam o grupo de primatas de 'facção'.

Foto: Reprodução

A ação, segundo os moradores da região, seria uma retaliação após um cachorro ter matado um filhote de macaco na mesma localidade há cerca de um mês. Desde então, principalmente os filhotes de cães têm sido alvo dos primatas. Há relatos de que o macacos estão atraindo os cachorros com comida e empurrando-os de grandes alturas. Apesar de ter acionado o departamento florestal, a população tem se empenhado salvar os cachorros da aldeia, mas os primatas também começaram a atacar as pessoas, gerando pânico.

Segundo o portal indiano News18, dois macacos foram capturados pelo departamento florestal do distrito de Beed no sábado (18) e mudados para seu habitat natural de acordo com um oficial.

Foto: Reprodução

Um morador da vila, Radhakishan Sonawane, disse que os dois macacos costumavam levar filhotes com eles. “Esses dois macacos vêm para nossa aldeia. Eles levam os filhotes para o telhado das casas ou qualquer outro lugar em altura. Nessa altura, esses filhotes não recebem comida ou água. Consequentemente, eles morreram naturalmente muitas vezes. Mas às vezes eles caíam de uma altura e morriam. Mais de 200 cachorros perderam a vida na nossa aldeia", disse Sonawane à imprensa local.

Versão das autoridades

Amol Munde, oficial florestal, explicou ao News18 que os macacos costumavam levar os filhotes como um “hábito”. “Eles cuidam dos filhotes. Costumavam manter os filhotes em telhados ou em árvores altas. Os filhotes não sobreviviam em lugares que não podiam achar comida ou água. Se um cachorro escapasse dos dois macacos, costumava morrer depois de cair de uma altura".

Ele também afirmou que nenhuma morte de bebês macacos foi relatada na aldeia nos últimos meses, mas confirmou que algumas pessoas também ficaram feridas enquanto fugiam dos dois macacos. “Os macacos geralmente não atacam os seres humanos, mas as pessoas têm medo. Algumas pessoas ficaram feridas nos últimos dias enquanto fugiam desses animais. No entanto, nenhum incidente de mordida de macaco foi relatado nesta aldeia ", finalizou Munde.
Fonte: Correio 24 horas

Related

Mundo 6709148582012159306

Veja também

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook

Acompanhe-nos!


Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item