Infectologista é agredido após alertar sobre riscos da pandemia no Paraná

A situação ocorreu no município de Toledo. O médico compartilhou o caso por meio de suas redes sociais e disse que recebeu socos e chutes de...

A situação ocorreu no município de Toledo. O médico compartilhou o caso por meio de suas redes sociais e disse que recebeu socos e chutes de dois homens

Edição Leonardo Maia / O Povo Online

Médico do município de Toledo, no interior do Paraná, foi agredido após alertar pessoas sobre os riscos da pandemia na última sexta-feira, 26. Em suas redes sociais, o infectologista José Eduardo Mainart Panini relatou que recebeu chutes e socos de duas pessoas: “Enquanto um me segurava, o outro me agredia. Enfim, pessoas assim ajudaram a situação chegar onde está”, ponderou.

Foto: Reprodução
Em nota divulgada à imprensa, o prefeito da cidade, Beto Lunitti (MDB), repudiou as agressões sofridas pelo médico, que é servidor público do município. Ele considerou a agressão “injustificável e inaceitável” e colocou a administração municipal à disposição do profissional para dar suporte a ele. Lunitti disse ainda que a agressão aconteceu fora do ambiente e horário de trabalho do infectologista.

De acordo com o portal do Jornal do Oeste, veículo local do Paraná, a Polícia Civil paranaense, por meio da equipe da 20ª Subdivisão Policial de Toledo (SDP), disse que a agressão aconteceu após um “desentendimento familiar” e não tem relação com o exercício profissional da vítima. A situação segue sendo investigada.

O POVO tentou confirmar a informação com o órgão, mas não teve ligações atendidas ou retornadas até a publicação desta matéria.

Related

Brasil 3003850378571993829

Links indicados

Destaques da semana

Siga-nos no Facebook

item