This is default featured slide 1 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 2 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 3 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

sábado, 2 de novembro de 2019

Enem 2019: sete dicas do que comer antes e durante a prova

Cuidados com a alimentação devem começar dias antes do exame. Candidato precisa evitar itens gordurosos.
Não se engane: se você vai prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, seus cuidados com a alimentação não devem se restringir ao próximo domingo, dia 3, quando a prova será aplicada. Precisam começar desde já. Quadros de intoxicação, por exemplo, podem se manifestar em até 72 horas após a ingestão de um item estragado. E, obviamente, qualquer indisposição pode prejudicar seu desempenho no exame.

A seguir, confira 10 dicas de nutricionistas ouvidos pelo G1 sobre o que comer antes e durante o Enem:

1- Evite surpresas. Não deixe para provar alimentos diferentes, aos quais não está acostumado, na semana da prova. Pode haver alguma reação gastrointestinal, segundo Maria Emilia Suplicy de Albuquerque, nutricionista do Hospital Pequeno Príncipe (PR).

2- Não faça jejum. De acordo com a especialista, não deve haver um intervalo longo entre as refeições. "O cérebro necessita de energia para propiciar um bom rendimento ao aluno", diz.

3- Na véspera, opte por alimentos leves. O ideal é evitar comidas com altos índices de gordura, que podem dificultar o processo de digestão. Congelados, refeições prontas e frituras devem ficar fora da dieta do candidato, explica Danile Sampaio, nutricionista do Hospital Sírio Libanês (SP).

4- Mantenha-se hidratado: "Não ingerir a quantidade suficiente de líquidos, ainda mais em dias de calor, pode trazer cansaço, sonolência e mal-estar", afirma Sampaio. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), devemos beber, em média, de 2 a 3 litros de água por dia. Na data do exame, o ideal é distribuir a ingestão de líquidos ao longo do dia - para evitar a necessidade de ir ao banheiro muitas vezes durante a prova.

5- Tome café da manhã e almoce. Como os candidatos devem comparecer ao local de prova até as 13 horas, surge uma dúvida: é melhor apenas tomar um café da manhã reforçado ou também almoçar? A nutricionista do Sírio Libanês recomenda a segunda opção.

Durma e acorde cedo. No início do domingo, ingira frutas e alimentos proteicos, como ovo cozido ou queijo. "Não precisa fazer um lanche intermediário. Ao almoçar, é a regra básica: seguir uma dieta leve e evitar os alimentos gordurosos, como molho branco", diz Sampaio.

6- Evite o excesso de cafeína. "Quando estamos ansiosos, o cortisol, hormônio do estresse, já fica lá em cima. Isso aumenta a produção de ácido clorídrico no estômago. O café, dependendo da quantidade, agrava esse processo - e causa azia, refluxo e desconforto abdominal", afirma a nutricionista do Sírio.

7- Leve lanchinhos saudáveis. No dia da prova, boas opções de merenda são: barra de cereal, frutas, banana passa sem açúcar, amêndoas, água e suco. Chocolate pode ajudar a dar energia, mas atenção: em dias quentes, ele derrete e faz sujeira. Alimentos muito perecíveis, como iogurte, também devem ser evitados, já que é impossível ter refrigeração durante o exame.

"Salgadinhos industrializados têm muito sal e provocam sede. O candidato vai beber mais água e ir ao banheiro diversas vezes na prova", diz Rosana Perim, gerente de nutrição assistencial do HCor.


O que almoçar no dia?

Um prato leve, que fornecerá energia ao candidato, sem prejudicar a digestão, pode ser: um grelhado, salada crua (que traz saciedade) e uma fonte de carboidrato (arroz ou batata, por exemplo). "Para quem não come carne, a proteína pode ser ovo, soja ou tofu", diz Sampaio.

Fonte: G1
Foto: Freepik

links indicados

Destaques da semana

Recomendamos