This is default featured slide 1 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 2 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 3 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

terça-feira, 30 de julho de 2019

De vítima, Najila deverá ser ré. Por calúnia, sobre o "estupro" de Neymar


A Sexta Delegacia da Mulher concluiu inquérito, fez todas as investigações e não indiciou Neymar por estupro e agressão. Situação de Najila se complicou.

Foi uma das vitórias mais importantes de Neymar.

A Sexta Delegacia da Defesa da Mulher, de São Paulo, teve 59 dias para investigar a veracidade das acusações da modelo Najila Trindade.

E veio a decisão.

Não indiciar o atacante.

Não houve provas que convencesse a delegada Juliana Lopes Bussacos que Neymar fez nada contra a lei.

O depoimento feito pessoalmente pelo atacante também foi importante. Não mostrou contradição. Confirmou a relação sexual, mas consensual.

Diante da postura firme da delegada, as promotoras do Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica (Gevid) devem pedir o arquivamento da acusação.

O Ministério Público também não tem elementos para não acatar o fim do caso.

Por faltas de provas, inconsistências no depoimento de Najila.

No Boletim de Ocorrência, lavrado no dia 31 de maio, ela fez constar dois crimes que o jogador teria cometido: estupro e agressão.

Tudo teria acontecido no sofisticado Hotel Sofitel Paris Arc Du Triumphe, em Paris. Os dois trocaram mensagens por meses. Ela no Brasil e ele na França. Por meio de um assessor, Rodrigo Sina Gallo, o jogador enviou passagens e providenciou hospedagem para Najila em Paris.

No dia 15 de maio, os dois se encontraram. Tiveram a relação sexual que Najila acusa de ter sido estupro. No dia seguinte, se encontraram novamente. A modelo filmou o segundo encontro, quando ele teria a atacado. 

Só que apenas um minuto da filmagem veio à tona. Pela Record TV. E ele mostra Najila estapeando Neymar.

A modelo disse que havia o resto das filmagens, que chegaria a seis minutos. Estava no seu celular. Mas ela se recusou a deixá-lo na Delegacia da Mulher, dizendo que precisava tirar alguns contatos e mensagens. Depois disse que o perdeu.

Falou que fez cópia da filmagem em um tablet. Ele estaria no apartamento que alugava e estava para ser despejada. Em seguida, ele declarou que o local foi arrombado e o tablet roubado.

O síndico do prédio garantiu à Polícia que só ela e a empregada dela tiveram acesso ao apartamento, que estava com portas arrombadas. A perícia apontou: as impressões digitais no imóvel eram apenas das duas.

Ao ser revelada o resultado da perícia, Najila falou para o SBT.

“É, mas a polícia está comprada, né? Ou não? Ou estou louca?"

A Polícia Civil registrou um Boletim de Ocorrência contra Najila por difamação. Diante da situação, ela garantiu estar 'dopada de remédios' quando acusou a polícia.

Três advogados largaram a modelo. Por não terem acesso às provas que ela dizia ter contra Neymar.

A postura da Sexta Delegacia da Defesa da Mulher praticamente acaba com a acusação de estupro e agressão do jogador.

A segunda acusação que Neymar enfrenta, de crime virtual, por divulgar no Instagram mensagens trocadas entre ele e a modelo, com direito a fotos nuas distorcidas da mulher, também se encaminha bem para o atacante.

Para mostrar que não teria havido estupro ou agressão.

A Delegacia de Repressão a Crimes de Internet ouviu seu depoimento, quando afirmou que não sabe colocar imagens ou copiar fotos no Instagram. Avisou que foram dois funcionários que trabalham para a sua empresa.

Esses funcionários confirmaram a versão.

E assumiram terem sido eles que copiaram as imagens e colocaram as fotos de Najila nua no Instagram.

Ou seja, a eventual acusação no artigo 218-C do Código Penal, cuja pena varia de um a cinco anos de reclusão, só poderiam atingir os assessores do jogador, não ele.

A decisão da Delegacia de Repressão a Crimes de Internet vai se posicionar nos próximos dias.

A tendência também é pelo não indiciamento de Neymar.

Se isso ocorrer, há a grande chance de o pai do jogador, Neymar da Silva pedir para os seus advogados entrarem na justiça contra Najila.

Por denunciação caluniosa contra o seu filho.

O prejuízo à imagem de Neymar foi péssimo.

No mundo todo.

Dois exemplos.

Ele deixou de ser o garoto-propaganda da Copa América disputada no Brasil. Já havia até tirado fotos para um cartão de crédito.

E também perdeu o posto na capa do jogo Fifa-20, que é vendido em todo o planeta. O belga Eden Hazard, do Real Madrid, e o holandês Virgil van Dijk, do Liverpool, foram colocados no seu lugar, pela EA Sports.

O pai de Neymar quer que Najila pague pelo que fez.

E ainda sirva de aviso para que outras mulheres que se relacionarem com seu filho pensem bem no que vão fazer.

De acordo com o quarto advogado da modelo, Cosme Araújo, ela teria dito, diante da postura firme da delegada Juliana Lopes Bussacos.

"Ele fez o que fez e pode ficar impune."

Por enquanto, a modelo não quis se pronunciar mais sobre a decisão.

Mas ela sabe.

Há muita chance de uma reviravolta.

E, de vítima, ela passar a acusada.

Neymar pai espera apenas o encerramento dos inquéritos em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Aí, ele prometeu agir...

Fonte: R7
Reprodução/Sportv

links indicados

Destaques da semana

Recomendamos