Suspeito de matar médica cearense no RJ se passava pela vítima na internet | Diário Sobralense News

Suspeito de matar médica cearense no RJ se passava pela vítima na internet

O homem suspeito de ter assassinado a médica cearense Glaubenia Serpa Costa, no Rio de Janeiro , se passava pela vítima nas redes sociais, ...

O homem suspeito de ter assassinado a médica cearense Glaubenia Serpa Costa, no Rio de Janeiro, se passava pela vítima nas redes sociais, em uma tentativa de despistar as forças policiais. Emanuel Pereira, que era funcionário da mulher, fez publicações na conta dela no Instagram em nome da própria, também tendo se passado pelo irmão de Glaubênia.

Reprodução

Ele chegou ainda a dizer a amigos da vítima que ela estava sofrendo de depressão profunda, de modo a explicar a ausência da médica após o assassinato. Em uma publicação, feita em dezembro do ano passado, ele fala sobre a doença, se passando pela mulher – é a última postagem feita no perfil dela.

O corpo da endocrinologista foi encontrado enterrado no quintal da própria casa dela, em Rio das Ostras, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, na última segunda-feira (4). A Polícia Civil do Rio de Janeiro encontrou o corpo da vítima após um funcionário confessar o crime em depoimento e conduzir os agentes até o local onde estava ocultado.

Leia também:

1 Rachaduras em parede do açude de Taperuaba preocupa moradores

2 Ônibus escolar com freios quebrados é flagrado transportando crianças

3 PRF prende estelionatário após furto em agência bancária de Tianguá

Segundo informações das autoridades, Glaubenia estava desaparecida desde o ano passado, e o crime teria sido cometido em julho de 2023, com golpes de faca. A motivação para o assassinato estaria ligada a desentendimentos entre a médica e o principal suspeito do crime, cuja identidade não foi divulgada.

O carro da médica, registrado no nome do suspeito, foi apreendido pela polícia como parte das evidências.

Glaubenia, natural do Ceará, residia em Rio das Ostras, onde exercia sua profissão. O caso, inicialmente tratado como desaparecimento, foi objeto de investigação desde janeiro deste ano, após solicitação do Ministério Público. Agora, o inquérito caminha para apurar não apenas o desaparecimento, mas também os crimes de ocultação de cadáver e feminicídio. A polícia planeja interrogar outras pessoas ligadas ao caso, incluindo a esposa do principal suspeito, para dar continuidade às investigações.

Fonte:  GCMAIS


Receba notícias do Diário Sobralense e fique por dentro de tudo!

Escolha a sua comunidade:
 WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
 Entrar no Grupo
 
TelegramEntre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo

Related

Ceará 4449160585990645190

Destaques da semana

Links indicados

Total de visualizações

Rádio Online ao Vivo

Jornal Paraíso

R DIAS CONSTRUÇÕES

Siga-nos nas nossas redes!

item