Ceará terá seis novos campi de institutos federais, anuncia Ministério da Educação | Diário Sobralense News

Ceará terá seis novos campi de institutos federais, anuncia Ministério da Educação

O estado do Ceará vai ser contemplado com seis novos campi de institutos federais, conforme divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) na m...

O estado do Ceará vai ser contemplado com seis novos campi de institutos federais, conforme divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) na manhã desta terça-feira (12). Serão dois novos campi em Fortaleza, além de um no município de Cascavel, um em Mauriti, um em Campos Sales e um em Lavras de Mangabeira.

Reprodução

As novidades integram um pacote com 100 novos campi de institutos federais divulgados pelo Ministério, contemplando todo o território brasileiro, com um investimento total de R$ 3,9 bilhões do Novo Programa de Aceleração do Crescimento (Novo PAC). Com isso, a projeção é de que sejam criadas 140 mil novas vagas no país, a maioria em cursos técnicos integrados ao ensino médio.

Dos R$ 3,9 bilhões a serem investidos em obras por meio do Novo PAC, R$ 2,5 bilhões serão para a criação de novos campi e R$ 1,4 bilhões para a consolidação de unidades dos IFs já existentes, como a construção de refeitórios estudantis, ginásios, bibliotecas, salas de aula e ainda aquisição de equipamentos.

Atualmente, o estado conta com 34 unidades integradas à Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. Os novos campi, indica o MEC, serão construídos em municípios que não contam com a presença dos Institutos Federais (IFs) ou que têm baixa cobertura de educação profissional relativa à população.

A princípio, todos os novos campi deverão ser unidades do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), que portanto será expandido.


Os institutos federais oferecem, além da formação usual do ensino médio, cursos de qualificação profissional, cursos técnicos e de graduação e pós-graduação. Conforme a gestão federal, é parte do papel desse tipo de instituição de ensino atrelar suas ações às vocações de cada território, de modo a gerar transformação nas regiões onde estão instalados.

Ainda conforme o Ministério da Educação, o objetivo da nova expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica é aumentar a oferta de vagas na educação profissional e
tecnológica (EPT). O governo federal destaca que se trata da primeira expansão dos IFs em quase 10 anos.

Fonte: GCMAIS


Receba notícias do Diário Sobralense e fique por dentro de tudo!

Escolha a sua comunidade:
 WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
 Entrar no Grupo
 
TelegramEntre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo

Related

Ceará 4513893678045785491

Destaques da semana

Links indicados

Total de visualizações

Rádio Online ao Vivo

Jornal Paraíso

R DIAS CONSTRUÇÕES

Siga-nos nas nossas redes!

item