Ceará se destaca na corrida pelo hidrogênio verde | Diário Sobralense News

Ceará se destaca na corrida pelo hidrogênio verde

O hidrogênio verde é um tipo de combustível limpo e renovável, que pode ser obtido a partir da eletrólise da água, usando energia solar ou e...

O hidrogênio verde é um tipo de combustível limpo e renovável, que pode ser obtido a partir da eletrólise da água, usando energia solar ou eólica

Créditos: Edwalcyr Santos / Sistema Paraíso

Foto: Carlos Gibaja/Casa Civil/Governo do Estado do Ceará

O Estado do Ceará tem se posicionado como um dos principais polos de produção de hidrogênio verde no Brasil e no mundo. O hidrogênio verde é um tipo de combustível limpo e renovável, que pode ser obtido a partir da eletrólise da água, usando energia solar ou eólica. O Ceará tem abundância dessas fontes de energia, além de infraestrutura, localização estratégica e segurança jurídica, que atraem investidores nacionais e estrangeiros.

Desde fevereiro de 2021, quando foi assinado o primeiro Memorando de Entendimento para a produção de hidrogênio verde no estado, o Ceará já firmou mais de 30 acordos com instituições parcerias e empresas interessadas no projeto, que sinalizam investimentos acima de US$ 30 bilhões de dólares (R$ 145,7 bilhões de reais). Desses, há três pré-contratos já fechados, nos quais a previsão de investimento é de US$ 8 bilhões (R$ 38,8 bilhões).

As Secretarias do Desenvolvimento Econômico, das Relações Internacionais e o Complexo do Pecém, que abriga o Porto de Roterdã, têm trabalhado na promoção do estado para o mercado global de hidrogênio verde, que é considerado o grande pilar da transformação da matriz energética mundial.

“Investir em práticas sustentáveis na geração de energia limpa são preocupações do governo cearense. Aproveitar de forma consciente o sol e os ventos fortes, presentes em abundância no nosso Ceará, trará, sem dúvidas resultados satisfatórios e até transformadores na nossa economia”, afirma o titular da SDE, Salmito Filho.

Estudos apontam que o Ceará tem vantagens competitivas para produzir hidrogênio verde a um custo menor do que outros lugares do mundo. “Temos no mundo lugares com ótimos atributos para produzir energia eólica no mar, em terra e produzir a energia solar. Mas os três no mesmo local, como pode ser no Ceará, é praticamente um caso único! Aliado a isso, temos infraestrutura como o Complexo do Pecém – com alta capacidade, a ZPE, infraestutura de telecomunicações, governança e segurança jurídica, outros fatores importantes para investidores”; ressaltou o executivo da Indústria da SDE, Joaquim Rolim.

O hidrogênio verde pode ser usado nas indústrias, nos transportes e no consumo doméstico, substituindo combustíveis fósseis e reduzindo as emissões de gases de efeito estufa. O hidrogênio pode ser armazenado em suas formas líquida ou gasosa e transportado para outras localidades. O Ceará tem um enorme potencial de exportação de hidrogênio verde via Porto de Roterdã para países europeus, que têm metas de descarbonização da matriz energética. Há também oportunidade de importação para países como China, Japão e Coréia do Sul, que também buscam uma transição energética.

Os futuros investimentos na cadeia do hidrogênio verde vão gerar mais emprego, desenvolvimento tecnológico, industrial e socioeconômico para toda região nordeste, em especial para o Ceará. Serão instaladas novas companhias de energias renováveis, empresas produtoras, de armazenamento, e de transporte de hidrogênio. Há projeções de elevação do PIB Cearense e impactos positivos nas exportações cearenses.


Receba notícias do Diário Sobralense e fique por dentro de tudo!

Escolha a sua comunidade:
 WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
 Entrar no Grupo
 
TelegramEntre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo

Related

Ceará 1832907569161781962

Destaques da semana

Links indicados

Total de visualizações

Rádio Online ao Vivo

Jornal Paraíso

R DIAS CONSTRUÇÕES

Siga-nos nas nossas redes!

item