Polícia Civil conclui investigação de crime de feminicídio que vitimou professora em Varjota | Diário Sobralense News

Polícia Civil conclui investigação de crime de feminicídio que vitimou professora em Varjota

As investigações continuadas, coordenadas pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), resultaram na representação da prisão preventiva de ...



As investigações continuadas, coordenadas pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), resultaram na representação da prisão preventiva de Rafael Machado Ramos de Vasconcelos, de 49 anos.

Ele é suspeito de um crime de feminicídio, sendo apontado como autor da morte premeditada da própria companheira, de 49 anos. O caso foi registrado no último dia 25 de outubro, no município de Varjota – Área Integrada de Segurança 16 (AIS 16) do Estado. O homem que se encontrava preso desde o dia 28 de outubro, por força de um mandado de prisão temporária, teve agora sua prisão convertida em preventiva.

Com o início das investigações sobre o caso de um possível homicídio, no qual uma mulher, de 49 anos foi encontrada morta com sinais de violência, na localidade Cajazeiras, zona rural do município de Varjota/CE, a PCCE desconfiou da versão apresentada em depoimento pelo esposo da vítima. Dando prosseguimento às investigações, os policiais civis coletaram indícios da participação direta de Rafael.

Conforme a apuração, o homem seria o autor do crime. A captura de Rafael foi realizada pela equipe da Delegacia Municipal de Varjota, no último dia 28 de outubro. Ele foi localizado e capturado no imóvel em que morava com a vítima, após a decretação da prisão temporária decretada pelo Poder Judiciário, após representação da PCCE.

No imóvel do suspeito, também foi cumprido mandado de busca e apreensão, onde foram recolhidos o aparelho celular do suspeito e uma aliança. O indivíduo foi conduzido pelos policiais civis para a Delegacia Municipal de Varjota, onde foram realizadas as formalidades legais.

Elucidação do caso

Com os celulares da vítima e do suspeito apreendidos, a Polícia Civil atuou com o serviço de inteligência da Delegacia Municipal de Varjota e com o Departamento de Polícia Judiciária da Região Norte (DPJ-Norte), que conseguiu extrair o histórico de pesquisas realizados pelo investigado em sites da internet antes do crime. Os investigadores chegaram a sites pornográficos, além de pesquisas sobre medicações sobre impotência e possíveis tranquilizantes, bem como providências no caso de desaparecimento de pessoa.

A conclusão dos laudos periciais indicou a presença das medicações Diazepam e Quetiapina no corpo da vítima, utilizadas para sedar a mulher, e que foram pesquisadas pelo suspeito na semana anterior ao crime. O homem realizou ainda pesquisas sobre passagens para o Rio de Janeiro. A partir das provas técnicas, a polícia indiciou o homem por feminicídio e obteve a conversão da prisão temporária em prisão preventiva. Ele permanece preso à disposição da Justiça.

Fonte: Sobral 24 horas


Related

Ceará 1877939826037267549

Destaques da semana

Links indicados

Total de visualizações

Rádio Online ao Vivo

Jornal Paraíso

R DIAS CONSTRUÇÕES

Siga-nos nas nossas redes!

item