Triângulo das Bermudas: cientista afirma ter respostas sobre enigmático local | Diário Sobralense News

Triângulo das Bermudas: cientista afirma ter respostas sobre enigmático local

Karl Kruszelnicki explica o seu posicionamento sobre sumiços de embarcações nas últimas décadas Créditos: mundoconectado.com.br Receba notíc...

Karl Kruszelnicki explica o seu posicionamento sobre sumiços de embarcações nas últimas décadas

Créditos: mundoconectado.com.br

Receba notícias do Diário Sobralense pelo Google Notícias | Facebook | Twitter | Telegram

Créditos: PHOTO JUNCTION / Adobe

Ao longo dos anos, o Triângulo das Bermudas, uma área situada no Oceano Atlântico, entre as ilhas Bermudas, Porto Rico, Fort Lauderdale e as Bahamas, é o cenário para diversas histórias enigmáticas. Muitas vezes, pela ausência de explicações consistentes sobre sumiços na região, as pessoas atribuíram características sobrenaturais; contudo, o cientista Karl Kruszelnicki afirma ter respostas racionais sobre os mistérios — e, de acordo com o especialista, não é nada impressionante.

O CIENTISTA KARL KRUSZELNICKI AFIRMA TER RESPOSTAS RACIONAIS SOBRE OS MISTÉRIOS — E, DE ACORDO COM O ESPECIALISTA, NÃO É NADA IMPRESSIONANTE.

Apesar dos mistérios supostamente “sobrenaturais”, Kruszelnicki garante que o Triângulo das Bermudas possui uma porcentagem similar de embarcações e aviões desaparecidos, se comparado com outras regiões no mundo, com características meteorológicas e geográficas similares.

Complementando o seu posicionamento, o homem destaca que a região não é realmente tão misteriosa, mesmo com indícios levantados por entusiastas por aproximadamente 60 anos. Baseando-se no seu ponto de vida, boa parte dos desaparecimentos acontecem devido ao tempo ruim e decisões inadequadas feitas pelas pessoas responsáveis pelos meios de transporte.

(Tamanho aproximado do Triângulo das Bermudas / Créditos: GEMINI / Adobe)

Opiniões adicionais do cientista sobre o Triângulo das Bermudas

Ou seja, excluindo da equação monstros do mar e alienígenas, Kruszelnicki prossegue e afirma que falhas humanas fazem parte do histórico daquele local. Com relação a outro aspecto relevante, que é a ausência de destroços, é explicado que isso acontece porque o oceano é extremamente profundo naquele ponto, dificultando (ou até mesmo impossibilitando) as missões de reconhecimento enviadas. Resumidamente, segundo estudos dos casos mais famosos, dois aspectos ressurgem nas análises do cientista: pouco combustível e pilotos inexperientes (não em todas, mas em boa parte das situações).

RESUMIDAMENTE, SEGUNDO ESTUDOS DOS CASOS MAIS FAMOSOS, DOIS ASPECTOS RESSURGEM NAS ANÁLISES DO CIENTISTA: POUCO COMBUSTÍVEL E PILOTOS INEXPERIENTES.

Independentemente dos estudos do profissional, muitas pessoas irão preferir as alternativas mais “espetaculares”. Como aquela área possui uma mistura de clima ruim e o oceano é sempre movimentado e fundo, dificilmente teremos provas concretas sobre as embarcações que sumiram. Sendo assim, cada um terá a liberdade para acreditar na abordagem que tiver mais afinidade.

Fonte: BGR

Related

Mundo 2563864408873527369

Destaques da semana

Rádio Ao Vivo!

SIGA-NOS

item