Adolescente invade casa da ex e a mata por não aceitar fim de relacionamento

Um motorista de aplicativo também era suspeito de estar envolvido no crime Créditos: Do G1 Reprodução O inquérito que investigava a morte da...

Um motorista de aplicativo também era suspeito de estar envolvido no crime

Créditos: Do G1

Reprodução

O inquérito que investigava a morte da jovem Eduarda Campos Paulino, de 24 anos, foi concluído nesta quinta-feira (12) pela Polícia Civil em Araguari em Minas. O caso foi no dia 2 de janeiro e o suspeito é o ex-namorado dela, de 17 anos, que não se conformou com o fim do relacionamento.

De acordo com a delegada Mariana Dell’isola Oliveira, o adolescente fingiu que ia levar m4aconha na casa dela para conseguir entrar e ma,tá-la. Além dele, mais dois homens participaram do crime.

“Eles terminaram o relacionamento e foi um término conturbado, porque o adolescente não aceitava o fim do relacionamento. Ele chegou a ameaçar a Eduarda em datas anteriores, mas ela nunca chegou a procurar a polícia”, detalhou a delegada.

Imagens do circuito interno de segurança mostram o momento em que os envolvidos chegam na casa da vítima. O adolescente entre e um homem fica na porta. Depois, os dois saem correndo.

Os tiros atingiram a cabeça e o braço direito da jovem. Uma arma, munições, celulares e um carro foram apreendidos.

“O menor combinou de ir até a casa dela para levar maconha para ela e, por isso, ela deixou ele entrar em casa. Ele disparou quatro vezes contra a Eduarda e a levou a morte”, completou.

Um motorista de aplicativo também era suspeito de estar envolvido no crime. Porém, a Polícia Civil descartou a possibilidade.

Receba notícias do Diário Sobralense pelo Google Notícias | Facebook | Twitter | Telegram

Related

Brasil 2393466038630404565

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook



Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item