Criança acorda no próprio velório após mãe desconfiar do visor do caixão | Diário Sobralense News

Criança acorda no próprio velório após mãe desconfiar do visor do caixão

Garota foi declarada morta pelos médicos do México Créditos: Correio 24 horas Reprodução Uma menina de 3 anos surpreendeu os familiares dur...

Garota foi declarada morta pelos médicos do México

Créditos: Correio 24 horas

Reprodução

Uma menina de 3 anos surpreendeu os familiares durante o velório. Ela, que foi declarada morta, acordou após o caixão ter sido fechado. O caso aconteceu no município de Villa de Ramos, no México.

Segundo a mãe da criança, o caixão começou a ficar embaçado, indicando que a menina ainda estava respirando. Após a desconfiança de Mary Jane Peralta, a menor foi socorrida pelo serviço médico de urgência, mas foi declarada morta pela segunda vez.

A família da menor entrou na Justiça alegando que Camila Roxana Martínez foi vítima de negligência médica. Em conversa ao jornal mexicano El Universal, a mãe da criança revelou que ela estava sentindo dores no estômago, febre e vômitos. No pediatra, a criança foi diagnosticada com desidratação.

Veja também:

A menina continuou sentindo os mesmos sintomas e foi levada para mais dois outros hospitais. No entanto, no Hospital Comunitário Básico de Salinas, a criança faleceu. "Dez minutos depois eles a deram como morta, não fizeram nem eletrocardiograma. Cheguei e peguei minha bebê, ela ainda me abraçou, senti a força da minha menina, mas daí tiraram ela de mim e me disseram: 'É só isso, deixe que descanse em paz'", contou.

No velório, ela percebeu que a criança ainda estava viva. Quando os médicos chegaram ao local, a menina estava com a frequência cardíaca de 97 batimentos por minuto. Apesar da situação, ela foi declarada morta pela segunda vez.
Receba notícias do Diário Sobralense pelo Google Notícias | Facebook | Twitter | Telegram

Related

Mundo 313394179795743205

Destaques da semana

Links indicados

Total de visualizações

Rádio Online ao Vivo

Jornal Paraíso

R DIAS CONSTRUÇÕES

Siga-nos nas nossas redes!

item