Procurador que espancou chefe vira réu por tentativa de feminicídio

Demétrius Oliveira de Macedo terá 10 dias para apresentar sua defesa prévia. Créditos: Bnews Receba as notícias do  Diário Sobralense  no se...

Demétrius Oliveira de Macedo terá 10 dias para apresentar sua defesa prévia.

Créditos: Bnews

Receba as notícias do Diário Sobralense no seu Telegram

O procurador Demétrius Oliveira de Macedo, preso na última semana por espancar uma colega na Prefeitura de Registro (SP), virou réu por tentativa de feminicídio. A denúncia do Ministério Público (MP) foi aceita na última terça-feira (28) pela Justiça de São Paulo.

Foto: Reprodução

De acordo com a denúncia, o MP retratou a ocorrência como "evidente intento homicida", ou seja, Demétrius tentou matar a procuradora-geral do município, Gabriela Samadello Monteiro de Barros. O ato, ainda segundo o órgão, apenas não foi concretizado por "circunstâncias alheias a vontade do agente".

Após ter dado socos no rosto e vários chutes em Gabriela, Demétrius chegou a se apresentar em uma delegacia confessando o crime, porém, foi liberado pelo delegado Fernando Carvalho Gregório, do 1° Distrito Policial de Registro.

 Veja também:
A prisão preventiva do procurador foi pedida do delegado Daniel Vaz Rocha, responsável pelo caso. A autoridade policial apontou que o acusado “vem tendo sérios problemas de relacionamento com mulheres no ambiente de trabalho, sendo que, em liberdade, expõe a perigo a vida delas, e consequentemente, a ordem pública".

Sob decisão do juiz Raphael Ernane Neves, da 1ª Vara de Registro, o acusado recebeu o prazo de 10 dias para apresentar sua defesa prévia.

Siga o Diário Sobralense no Google Notícias e acompanhe as notícias do dia em primeira

Related

Brasil 2315812690653963109

Veja também

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook

Acompanhe-nos!


Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item