Prefeitura de Sobral nega dívidas com a Santa Casa, diz que "está em dia" e cobra que recursos sejam aplicados com honestidade | Diário Sobralense News

Prefeitura de Sobral nega dívidas com a Santa Casa, diz que "está em dia" e cobra que recursos sejam aplicados com honestidade

A Prefeitura de Sobral emitiu na noite de ontem (28), uma nota a respeito das informações sobre a paralisação das atividades do Hospital San...

A Prefeitura de Sobral emitiu na noite de ontem (28), uma nota a respeito das informações sobre a paralisação das atividades do Hospital Santa Casa de Misericórdia, prevista para o próximo dia 06 de julho. Há anos, o Poder Executivo local e o complexo hospitalar se confrontam em relação aos repasses feitos para custear aos atendimentos, não só dos sobralenses, mas de pacientes de outros 55 municípios.

Receba as notícias do Diário Sobralense no seu Telegram

Siga o Diário Sobralense no Google Notícias e acompanhe as notícias do dia em primeira


Foto: Maristela Gláucia

De acordo com a nota, todos os pagamentos feitos ao Hospital estão em dia e cita que "exames como ultrassonografias, colonoscopias, mamografias e muitas outras cirurgias eletivas há meses não são realizadas".

O texto finaliza informando que a Prefeitura já repassou mais de R$ 106 milhões à entidade filantrópica em 2021 e mais de R$ 51 milhões neste ano. "É muito dinheiro! Precisa ser aplicado com mais transparência, honestidade e competência", finalizou a pasta. O dinheiro repassado da Prefeitura para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral é, em sua totalidade, de origem dos Governos federal e estadual.

Mais cedo, o prefeito Ivo Gomes considerou que isso se tratam de "boatos, mais uma vez em período eleitoral" e que "isso jamais vai ocorrer" em relação a suspensão dos serviços.

O diretor da entidade, Klebson Carvalho, aponta que no primeiro quadrimestre deste ano, deixaram de receber R$ 2,9 milhões referentes aos atendimentos e que há um prejuízo mensal imposto pelo Poder Público de R$ 2,5 milhões.

Confira na íntegra

A Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria da Saúde, vem a público, de forma contundente, prestar esclarecimentos mediante comunicado apresentado pelo Hospital Santa Casa de Misericórdia de Sobral na tarde desta terça-feira (28/06).

Os pagamentos feitos ao hospital, que estão todos REGULARES e EM DIA, ocorrem mediante realização de procedimentos, exames e consultas, solicitados por meio de convênio com a Prefeitura de Sobral. De acordo com a produção e atingimento de metas da Santa Casa, o valor é repassado. Infelizmente, a instituição NÃO TEM REALIZADO a totalidade dos procedimentos contratados pela Prefeitura.

Exames como ultrassonografias, colonoscopias, mamografias e muitas cirurgias eletivas há meses não são realizados. Quando os serviços não são realizados, consequentemente, não podem ser pagos, conforme lei federal nº 14.189, de 28 de julho de 2021, e determinação do Ministério da Saúde (Portaria nº 3.410 de 30 de dezembro de 2013), que diz:

“Art. 28. O repasse dos recursos financeiros pelos entes federativos aos hospitais contratualizados será realizado de maneira regular, conforme estabelecido nos atos normativos específicos e no instrumento de contratualização, e condicionado ao cumprimento das metas qualitativas e quantitativas estabelecidas no Documento Descritivo.
(…)
§ 3º O não cumprimento pelo hospital das metas quantitativas e qualitativas pactuadas e discriminadas no Documento Descritivo implicará na suspensão parcial ou redução do repasse dos recursos financeiros pelo gestor local”.

Veja também:

Em relação ao pagamento dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), a Secretaria da Saúde tem o dever de realizar o pagamento por diárias conforme orientações normativas. Essas diárias são apresentadas mensalmente pelo hospital e pagas de forma correspondente. Os valores das diárias são definidos pelo Ministério da Saúde e, recentemente, foram atualizadas visando suprir o aumento dos preços dos insumos e serviços hospitalares.

Já em relação ao que a Santa Casa menciona sobre débitos anteriores de 2021, a Secretaria informa que não reconhece nenhuma dívida, uma vez que todos os serviços contratados foram totalmente pagos.

No ano de 2021, a Prefeitura repassou para a Santa Casa o valor de R$ 106.197.563,41 (CENTO E SEIS MILHÕES, cento e noventa e sete mil, quinhentos e sessenta e três reais e quarenta e um centavos). De janeiro a junho de 2022, a Santa Casa já recebeu da Prefeitura de Sobral R$ 51.043.706,45 (CINQUENTA E UM MILHÕES, quarenta e três mil, setecentos e seis reais e quarenta e cinco centavos). É muito dinheiro! Precisa ser aplicado com mais transparência, honestidade e competência.

Fonte: A Voz de Sta. Quitéria

Related

Sobral 2878897098752712331

Destaques da semana

Links indicados

item