GO: Perita criminal é indiciada por forjar atentado contra si mesma, em Caldas Novas

Atirador, que trabalhava na prefeitura, também deve responder por ajudar a planejar ataque e disparar contra a perita em Caldas Novas (GO)....

Atirador, que trabalhava na prefeitura, também deve responder por ajudar a planejar ataque e disparar contra a perita em Caldas Novas (GO).

Autor: Metrópoles

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) concluiu, nesta segunda-feira (18/4), o inquérito contra a perita criminal de Caldas Novas, Káthia Mendes Magalhães, de 40 anos. Ela foi indiciada pelos crimes de falsidade ideológica, peculato e porte ilegal de arma de fogo, por ter forjado um atentado contra si mesma.

Foto: Reprodução

Káthia coordenava o posto da Polícia Técnico Científica de Caldas Novas. No dia 10 de março, ela comunicou que havia sido atacadas por dois homens em uma motocicleta e um dele teria efetuado um disparo de arma de fogo que atingiu o ombro dela.

Conforme a conclusão do inquérito, a mulher forjou o próprio atentado com a ajuda de um servidor da prefeitura do município. A dupla chegou a se apossar de uma arma que estava apreendida na unidade que ela chefiava para usá-la no crime.

A perita e o servidor permanecem afastados de suas funções. O homem foi indiciado pelos crimes de tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo.

Falso atentado

Segundo o depoimento de Káthia, no dia do suposto atentado uma pessoa em uma motocicleta atirou depois que ela foi fechada por um carro de faróis apagados. A perita disse que estacionou no acostamento, para verificar se o veículo estava danificado, quando foi surpreendida pelo criminoso.

Uma investigação da Polícia Civil, no entanto, descobriu que, na verdade, a perita teria combinado com um ex-colega de profissão de fingir o atentado. O objetivo seria conseguir a transferência do cargo para outra cidade. Ela confessou o crime.

Segundo a investigação, o colega de Káthia atirou nela com um revólver que a própria profissional entregou para ele. O tiro teria sido dado de forma consentida. Os dois vão responder por peculato, fraude processual e porte ilegal de arma de fogo. 

Vídeo

A perita criminal Káthia Mendes de Magalhães chegou a gravar um vídeo no hospital, onde foi socorrida no dia 10 de março, agradecendo o carinho de pessoas que enviaram mensagens de preocupação.

Nas imagens, a perita criminal está na cama do hospital, com um curativo sobre o local onde o projétil entrou. A bala foi retirada em uma cirurgia.

VEJA MAIS
“Apesar do que aconteceu, estou bem. (…). Estou fora de risco, estou estável. Vou fazer mais alguns exames, mas eu agradeço demais a preocupação de todo mundo, o carinho. Estou recebendo as mensagens. Daqui a pouco estou de volta. Obrigado”, disse a perita com a voz embargada.

Siga o Diário Sobralense no Google Notícias e acompanhe as notícias do dia em primeira mão.

Related

Brasil 3953287585710749333

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook



Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item