Passaporte da vacina será exigido para acesso aos prédios públicos do Ceará, diz Camilo

O governador Camilo Santana (PT) anunciou nesta sexta-feira (10) que o comprovante de vacinação contra a Covid-19 vai ser exigido para a en...

O governador Camilo Santana (PT) anunciou nesta sexta-feira (10) que o comprovante de vacinação contra a Covid-19 vai ser exigido para a entrada nos prédios públicos estaduais no Ceará.


A medida vai valer a partir do dia 20 de dezembro. Até lá, a Secretaria da Saúde (Sesa) vai estabelecer os protocolos específicos para cada setor do governo.

Passaporte em estabelecimentos privados

Os estabelecimentos particulares do Ceará já exigem o passaporte da vacinação desde o último dia 15 de novembro, quando o governador do Ceará implementou a exigência do documento para a entrada em restaurantes, eventos em geral e bares no estado.

Com isto, os estabelecimentos passaram a funcionar sem restrições de horários. Anteriormente, os pontos comerciais precisavam encerrar as atividades até as 3h.

Projeto em Fortaleza

Um projeto de lei a nível municipal, que estabelece a obrigatoriedade de apresentação de comprovante de vacinação para entrada em repartições e prédios públicos da capital, começou a tramitar na última quarta-feira (8) na Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor).

Os vereadores discutem em regime de urgência a medida enviada pelo prefeito José Sarto (PDT). O envio ao Legislativo aconteceu no dia anterior.

"Enviei há pouco para a Câmara Municipal de Fortaleza o projeto de lei que estabelece a obrigatoriedade de apresentação de comprovante de vacinação para a entrada em repartições e prédios públicos da Prefeitura", escreveu o gestor na última terça-feira (7).

Instabilidade no sistema

A plataforma Vacine Já, que informa as datas de agendamento para a vacinação contra a Covid-19 em Fortaleza, teve instabilidade e ficou fora do ar na manhã desta sexta-feira (10). As listas dos agendados para receber a vacina hoje também esteve sem acesso disponível.

O serviço voltou por volta das 11h20 desta sexta. A Secretaria Municipal da Saúde de Fortaleza afirmou que a instabilidade ocorreu devido a um problema elétrico.

Alguns sistemas federais, como site do Ministério da Saúde, o aplicativo e a página do ConecteSUS – plataforma que mostra comprovantes de vacinação contra a Covid-19 – também apresentaram instabilidade nesta sexta-feira.

As falhas aconteceram porque as plataformas foram invadidas por hackers durante a madrugada. O problema também afetou o sistema de notificação de casos da doença.

Fonte: G1/CE

Related

Ceará 3901348357593040496

Links indicados

Destaques da semana

Siga-nos no Facebook

Rádios Parceiros


Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links
item