Médico foge após matar a esposa a tiros em apartamento de Luziânia

Vizinha viu o homem, de 72 anos, com uma arma na mão, fugindo do local. Parentes disseram que idoso confessou o crime ao ex-genro. Foto: Rep...

Vizinha viu o homem, de 72 anos, com uma arma na mão, fugindo do local. Parentes disseram que idoso confessou o crime ao ex-genro.

Foto: Reprodução

O médico aposentado T.S.A., de 72 anos, é suspeito de matar a esposa a tiros dentro do apartamento onde o casal morava em Luziânia, Entorno do Distrito Federal (DF). Após o crime, o suspeito ligou para o ex-genro e confessou ter assassinado a mulher. O homem segue foragido.

O casal, que está junto há 27 anos, passou o domingo (5) na companhia de vizinhos do prédio onde moravam, onde consumiram bebidas alcoólicas. No final da tarde, a vítima foi para o apartamento se arrumar para sair com o marido e um casal de amigos, momento em que, segundo relatos, ela foi morta.

De acordo familiares, uma vizinha escutou a mulher gritar o nome do marido e se aproximou do apartamento. Ao chegar na porta, viu o suspeito nervoso com uma arma na mão e a vítima caída no chão. Ao perceber a presença da vizinha no local, o homem a mandou ir embora e fugiu.

Após cometer o crime, o suspeito ligou para o ex-marido da filha dele, fruto de um casamento anterior, e confessou ter matado a esposa. “Ele entrou em contato com o ex-marido da filha dele e contou todo o ocorrido, que tinha assassinado minha tia a tiros e estava desesperado, que não sabia o que fazer”, conta um sobrinho da vítima.

Suspeito é muito ciumento, diz familiar

O rapaz relata que o suspeito era bastante ciumento. “A comemoração tinha que ser só entre eles dois. Quando juntava a família, ele comemorava, mas no final da comemoração tinha uma discussão entre eles”, relata.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). O caso está sob responsabilidade do delegado Felipe Guerrieri do Grupo de Investigação de Homicídios de Luziânia que busca a localização do suspeito para prosseguir com a investigação.

Fonte: Diário Goiânia em Destaque

Related

Brasil 7193294814370551553

Links indicados

Destaques da semana

Siga-nos no Facebook

Rádios Parceiros


Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links
item