Estelionatário se passa por gerente de banco e aplica golpe em mulher, em Sobral/CE

A situação de insegurança na cidade de Sobral é generalizada, as pessoas estão sendo vítimas de inúmeros crimes. Desde roubo de moto, assal...

A situação de insegurança na cidade de Sobral é generalizada, as pessoas estão sendo vítimas de inúmeros crimes. Desde roubo de moto, assalto à mão armada até os chamados crimes virtuais, são alguns dos problemas que os sobralenses enfrentam no dia a dia.

Foto: Reprodução

Na sexta feira (17), uma senhora chamada Zélia Soares, residente da rua General Onofre Muniz (próximo à Prefeitura) foi surpreendida por um telefonema de um golpista de Osasco na grande São Paulo.

Durante a ligação, o criminoso se passou por gerente de um banco e mencionou que estavam fazendo compras no nome de Dona Zélia no magazine Luiza. Daí em diante teve início uma série de torturas psicológicas por parte do golpista, dizendo que mandaria um funcionário da Caixa Econômica Federal de Sobral em sua casa a fim de resolver este problema.

Para surpresa de Dona Zélia, que estava em casa com sua mãe de 95 anos, chegou um rapaz a sua casa e pediu pra entrar, sob o argumento de que resolveria todos os problemas.

O novo integrante da quadrilha conseguiu convencer a Dona Zélia a entregar o cartão e a senha. Mesmo desconfiada, pois em sua conta havia uma boa quantia em dinheiro, ela nada pode fazer pois estava receosa. Ela percebeu que, além do crachá da Caixa, o criminoso portava uma arma na cintura.

Após a saída do golpista, dona Zélia buscou ajuda dos familiares e foi à delegacia onde não foi autorizada a fazer o Boletim de Ocorrência que, segundo informações, deveria ser feito online. Quanto ao cancelamento do cartão, também não foi possível de forma imediata, e o prejuízo só não foi maior devido ao avançado horário que não permitia saques mais vultosos.

A reportagem do Sistema de Comunicação Paraíso tomou conhecimento deste tipo de crime está em crescimento em toda região, porém, apesar de muitas pessoas serem lesadas, a taxa de denúncia ainda é considerada pequena pelo fato das vítimas sentirem vergonha ou medo de se expor.

Com informações de Nildo Nascimento / Sistema Paraíso

Related

Polícia 8034472517048773508

Veja também

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook

Acompanhe-nos!


Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item