Quem são os imunossuprimidos que receberão a 3ª dose?

  A dose de reforço da vacina contra a Covid-19 , anunciada pelo Ministério da Saúde, terá como público-alvo, a partir de 15 de setembro, os...

 A dose de reforço da vacina contra a Covid-19, anunciada pelo Ministério da Saúde, terá como público-alvo, a partir de 15 de setembro, os idosos acima de 70 anos e pessoas imunossuprimidas.

Conforme divulgação do MS, o reforço aos imunossuprimidos deve ser aplicado após 28 dias da segunda dose – ou dose única – e nos idosos acima de 70 anos após seis meses da vacinação. A vacina da Pfizer deve ser usada de forma preferencial, recomenda a pasta.

As medidas têm o objetivo de prevenir o agravamento da pandemia no Brasil, especialmente em razão da presença da variante Delta.

Conforme definido no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO), são considerados imunossuprimidos:

Indivíduos transplantados de órgão sólido ou de medula óssea;
Pessoas vivendo com HIV;
Portadores de doenças inflamatórias imunomediadas em atividade e em uso de dose de prednisona ou equivalente > 10 mg/dia;
Demais indivíduos em uso de imunossupressores ou com imunodeficiências primárias;
Pacientes oncológicos que realizaram tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos seis meses;
Pessoas com neoplasias hematológicas

Fonte: DN

Related

Saúde 2060307148865396822

Links indicados

Destaques da semana

Siga-nos no Facebook

Rádios Parceiros


Sites parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Page Rank

seo checker

Total de visualizações

item