Ciro Gomes defende voto auditável e diz que Bolsonaro não é o pai da ideia

 O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) foi às redes sociais, na manhã desta sexta-feira, 28, para defensor o chamado “voto impresso auditável”, tem...

 O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) foi às redes sociais, na manhã desta sexta-feira, 28, para defensor o chamado “voto impresso auditável”, tema de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que tramita em comissão especial da Câmara dos Deputados. O pedetista publicou um texto em que defendeu posicionamento semelhante ao presidente nacional do PDT, Carlos Lupi.

“O que Lupi defendeu, teoricamente, não foi a substituição do voto eletrônico por voto em papel. Mas o aperfeiçoamento da urna, tornando-a capaz de gerar um canhoto impresso. Ou seja: as pessoas votariam em uma urna eletrônica semelhante à atual e seu voto também seria computado eletronicamente. Só que cada urna geraria e armazenaria um comprovante que seria retido por ela, de forma secreta e indevassável “, disse.

Fonte: O Povo Online

Related

Politica 1271462494180453578

Links indicados

Destaques da semana

Siga-nos no Facebook

Rádios Parceiros


Sites parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Page Rank

seo checker

Total de visualizações

item