This is default featured slide 1 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 2 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 3 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

domingo, 5 de abril de 2020

O vírus COVID-19 pode estar implantado nos seres humanos há anos, sugere estudo

Enquanto o COVID-19 propaga-se por todo o mundo, causando bloqueios, pneumonia e medo, os cientistas são incansáveis para determinar de onde veio o coronavírus SARS-CoV-2.

Embora ainda não tenhamos todas as respostas, incluindo se vieram de um mercado de animais, uma nova análise pôs definitivamente de lado as conspirações que alegam ser uma doença produzida em laboratório.

Photo BBC
O estudo levanta algumas possibilidades interessantes sobre a origem do novo coronavírus. Um dos cenários sugere que o vírus pode ter circulado inofensivamente nas populações humanas muito tempo antes de se tornar a pandemia que agora parou o mundo.

"É possível que um progenitor do SARS-CoV-2 tenha entrado em seres humanos, adquirindo [novos recursos genómicos] através da adaptação durante a transmissão homem-a-homem não detetada" , escreve a equipe dos EUA, Reino Unido e Austrália no estudo.

"Uma vez adquiridas, essas adaptações permitiriam que a pandemia se propagasse e produzisse um conjunto enorme de casos".

Os investigadores analisaram dados genómicos disponíveis no SARS-CoV-2 e outros coronavírus semelhantes, mostrando que as seções do domínio de ligação ao recetor (RBD) das proteínas do pico de SARS-CoV-2 eram tão eficazes na ligação às células humanas que precisavam ser causadas por seleção natural.

"Comparando os dados disponíveis da sequência do genoma para cepas conhecidas de coronavírus, podemos determinar com firmeza que o SARS-CoV-2 se originou através de processos naturais", disse um dos investigadores e imunologista. Kristian Andersen, da Scripps Research.

"Duas características do vírus, as mutações na porção RBD da proteína spike e sua espinha dorsal distinta, descartam a manipulação de laboratório como uma origem potencial para o SARS-CoV-2".
Nas experiencias laboratoriais, a equipe explorou duas hipóteses viáveis. Primeiro, que a seleção natural ocorreu num hospedeiro animal antes que o vírus fosse transmitido aos seres humanos. A equipa explica que, embora amostras de coronavírus em morcegos e pangolins tenham mostrado genomas semelhantes, nenhum deles se encaixa perfeitamente ainda.

"Embora não tenha sido identificado nenhum coronavírus animal que seja suficientemente semelhante para ter atuado como progenitor direto do SARS-CoV-2, a diversidade de coronavírus em morcegos e outras espécies é muito pouco visível", escrevem os investigadores.

A segunda hipótese é que a seleção natural ocorreu nos humanos, depois do vírus ter sido transmitido de um hospedeiro animal.

"O segundo cenário é que o novo coronavírus passou de animais para humanos antes de se tornar capaz de causar doenças humanas" , explica o diretor do Instituto Nacional de Saúde, Francis Collins, no blog do NIH.

"Então, como resultado de mudanças evolutivas graduais ao longo de anos ou talvez décadas, o vírus acabou adquirindo a capacidade de se espalhar de humano para humano e causar doenças graves, muitas vezes com risco de vida".

Embora ainda não saibamos qual das duas hipóteses está correta, os cientistas pensam que mais evidências podem inclinar a balança em favor de uma ou de outra, mas teremos que aguardar a conclusão dessa pesquisa.

Lave as mãos, fique em casa e ajude com esse esforço, se puder.

Fonte: Nature Medicine

Destaques da Semana:

Links indicados: