This is default featured slide 1 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 2 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 3 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

sexta-feira, 17 de abril de 2020

Exoplaneta recém-descoberto pode ser a próxima Terra, segundo a NASA

Um planeta parecido com a Terra foi encontrado por investigadores vasculhando os primeiros dados do Kepler da NASA.

O caçador de exoplanetas da NASA, Kepler, já estar fora de serviço, mas os dados por ele enviados ainda estão sendo estudados e mostrando-se proveitosos. Uma equipa de cientistas internacional examinou os dados de Kepler, e descobriu um planeta semelhante à Terra que poderia suportar a vida como a conhecemos.

Representação artística da aparência do Kepler-1649c na superfície enquanto orbita sua estrela anã vermelha, Daniel Rutter / NASA / Ames Research Center

O exoplaneta, Kepler-1649c, orbita uma estrela anã vermelha a cerca de 300 anos-luz da Terra. É aproximadamente do tamanho da nossa Terra e fica na "zona habitável" da sua estrela hospedeira, o que permite a existência de água líquida na sua superfície. As suas descobertas foram publicadas no Astrophysical Journal Letters na última quarta-feira.

O Kepler-1649c completa uma órbita em volta de sua estrela anã vermelha em 19,5 dias terrestres, o que é emocionante ao colocá-la na "zona habitável" de sua estrela hospedeira.

"Este mundo distante e intrigante dá-nos uma esperança ainda maior de que haja uma segunda Terra entre as estrelas, à espera de ser encontrada", disse Thomas Zurbuchen, administrador associado do Diretório de Missões Científicas da NASA, num comunicado.

O Kepler da NASA procurou e encontrou centenas de planetas durante a sua missão no espaço. Agora, alguns desses dados ainda oferecem informações extraordinárias, como a descoberta do Kepler-1649c, o exoplaneta potencialmente habitável. De acordo com as observações do Kepler, 20 a 25% dos 220 bilhões de estrelas da Via Láctea abrigam mundos que podem ser zonas habitáveis. São muitos planetas com o potencial de ter vida.

Diferença de tamanho entre a Terra e o Kepler-1649c, Daniel Rutter / NASA / Ames Research Center
Muitos dados de Kepler foram desviados usando algoritmos de computador, no entanto, parece que os algoritmos não captaram todas as informações importantes. Assim, foi formada uma equipa de investigadores, chamada Grupo de Trabalho de Falso Positivo Kepler, para realizar investigações e garantir que todos os dados trazidos pelo Kepler sejam lidos adequadamente. E ainda bem, pois o Kepler-1649c foi uma informação crucial, perdida pelo algoritmo.

Kepler-1649c tem apenas 1,06 vezes o tamanho da Terra e recebe 75% da energia estelar que nosso planeta recebe do sol. Essa combinação torna o mundo recém-descoberto realmente muito especial.
"Existem outros exoplanetas estimados em tamanho mais próximo da Terra, como o TRAPPIST-1f e, segundo alguns cálculos, o Teegarden c", escreveram funcionários da NASA no mesmo comunicado. "Outros podem ser mais parecidos da Terra em temperatura, como o TRAPPIST-1d e o TOI 700d. Mas não há outro exoplaneta que seja considerado mais próximo da Terra em ambos os valores que também estão na zona habitável de seu sistema".


Referencia//InterestingEngineering

loading...

Destaques da semana

 
//otrwaram.com/afu.php?zoneid=3310052