'Veio com um machado pendurado no braço', diz médico que atendeu um dos alunos da escola

Dez pessoas morrem no atentado, entre alunos, funcionários e os próprios atiradores Redação iBahia O médico angiologista Austelino Vie...

Dez pessoas morrem no atentado, entre alunos, funcionários e os próprios atiradores

Redação iBahia
O médico angiologista Austelino Vieira Mattos, que atendeu algumas vítimas do massacre na escola de Suzano, contou ao Jornal Hoje que um dos alunos chegou no Hospital Santa Maria, com um machado pendurado no braço. Segundo o angiologista, o adolescente foi operado e passa bem.
Foto: Reprodução
"Ele recebeu um golpe de machado no ombro direito e veio com o machado pendurado no braço. Levamos ele direto ao centro cirúrgico e fizemos a cirurgia para remover o machado e ver se não tinha nenhuma lesão em algum vaso. Graças a Deus não chegou a pegar braço. Ele vai evoluir bem", disse Mattos.
 

A cirurgia durou em torno de um hora e meia. "Ele me disse que estava sentado recebeu um golpe de machado e nem viu de onde veio."

Related

Brasil 5533800617994918719

MAIS DE 3 MILHÕES DE ACESSOS

CURTA NOSSA PÁGINA

Siga-nos no Twitter

Siga-nos

Seguir por Email

site indicado

Seu site de notícias
item