Distúrbio de imagem: entenda o problema que afetou Bruna Marquezine

"Esta é uma doença na qual a pessoa usa de métodos para compensar uma compulsão alimentar", explicou especialista Agência O Glob...

"Esta é uma doença na qual a pessoa usa de métodos para compensar uma compulsão alimentar", explicou especialista

Agência O Globo
Na semana passada, a atriz Bruna Marquezine fez uma revelação preocupante: a jovem afirmou ter feito uso de laxante por cerca de três meses para emagrecer, após receber críticas de que estava “gordinha”. Olhar para o espelho e se incomodar com o que vê é o que acontece com pessoas que têm distúrbio de imagem. O desconforto com a forma física pode levar a atitudes que comprometem a saúde.

— A insatisfação com o corpo é tão significativa que traz sofrimento psicológico muito grande. Normalmente, ela está relacionada com o peso ou a forma do corpo. A pessoa passa a achar que as pernas estão muito grossas ou que está com “pneuzinho” — diz Higor Caldato, psiquiatra especialista em psicoterapias e transtornos alimentares e sócio da clínica Nutrindo Ideais.
Foto: Reprodução / Instagram

Para dar um “jeito” nos “quilinhos a mais”, muitas pessoas acabam desenvolvendo transtornos alimentares como a bulimia.

— Esta é uma doença na qual a pessoa usa de métodos para compensar uma compulsão alimentar. Então, comem em excesso e depois acabam provocando vômito, usando laxantes ou remédios para emagrecer, fazem exercício físico exagerado, jejum durante um longo período — explica Higor.

Os padrões de beleza que antes eram vistos apenas na TV e nas revistas agora estão escancarados nas redes socais. Com um clique, é possível ver várias fotos daqueles corpos “perfeitos”.

— As pessoas com distúrbio de imagem sentem necessidade de ficar se comparando com artistas e modelos. Mas a verdade é que cada pessoa tem um biotipo. Então, aquele corpo desejável talvez não seja atingível — alerta o psiquiatra.

A psicóloga Livia Marques relembrou do caso da modelo Nara Almeida, que morreu em maio de câncer, para exemplificar como o padrão de beleza cega as pessoas. Na ocasião, Nara estava com uma sonda no nariz, que passou despercebida pela maioria dos fãs:

— Ela colocou uma foto na rede social, de biquíni, muito magra, e as pessoas perguntaram nos comentários o que precisavam fazer para ter aquele corpo. Na verdade, a modelo estava doente.

O tratamento de distúrbio de imagem é feito com profissionais de psicologia, psiquiatria ou de nutrição com prática no assunto. — Busque uma rede de apoio com amigos e a família e procure por uma equipe multidisciplinar para trabalhar a mente e o corpo — orienta Livia.
Foto: Reprodução / Extra

‘Uso de laxante traz consequências agudas’

Como o corpo é afetado ao emagrecer repentinamente?


Isso depende muito do peso da pessoa. Se ela tem obesidade e perde de quatro a seis quilos no mês, a repercussão no corpo dela será positiva. No entanto, temos hoje pessoas que querem perder peso estando com um peso normal ou no limite inferior. O problema da perda de peso é que não se perde apenas gordura, mas também músculo e massa óssea. Ocorre uma modificação hormonal no sentido de economizar energia: há uma redução da atividade do hormônio tireoidiano, o metabolismo diminui, o sistema nervoso simpático — que ajuda a queimar energia — também diminui. O nosso organismo vai sempre nos proteger de perder gordura, independente da quantidade que a gente tenha.

Como o uso de laxante contínuo prejudica o corpo?


O uso regular de laxante elimina sais do nosso organismo. Então o corpo fica com o comprometimento de alguns eletrólitos, principalmente o potássio. Isto pode levar a uma fraqueza muscular, a desidratação, pode comprometer a função renal, o ritmo cardíaco. O uso de laxante pode trazer uma consequência aguda no organismo, por isso, ele não pode ser usado de forma alguma como tratamento para perder peso.

Qual é a importância da gordura no nosso corpo?

A gordura corporal produz um hormônio chamado leptina, que participa da regulação de hormônios hipofisários (uma das funções deles é amadurecer o sistema reprodutivo). Então, para se ter uma ideia, bailarinas e ginastas que são muito magras, de tanto fazerem exercício físico, possuem um percentual de gordura corporal muito baixo e produzem pouca leptina. Este processo provoca a interrupção do ciclo menstrual.

Qual é a recomendação para perder peso com saúde?

Quando a pessoa não tem problema com peso ou com sua imagem, a orientação nutricional já é suficiente. Será preciso restringir um pouco a alimentação, mas de uma maneira que a pessoa consiga manter uma alimentação adequada e perder um pouco de peso.

Related

Saúde 396812661892153691

As mais lidas da semana

links indicados

CURTA NOSSA PÁGINA

Seguir por Email

Máquina de Cartão de Crédito

SOBRAL NET

ponto do consorcio

Brenda's Estética

R DIAS

pizza na pedra o mario

Elite Educação

junior suplementos e academa

.

item
http://go.oclasrv.com/afu.php?zoneid=2028681 http://go.onclasrv.com/afu.php?zoneid=1786153