Vídeo. Mulher morre após cair de roda gigante no interior de MG | Diário Sobralense News

Vídeo. Mulher morre após cair de roda gigante no interior de MG

Brinquedo está localizado em um restaurante em Barbacena (MG); a polícia investiga o caso, que aconteceu no último domingo Créditos: Metrópo...

Brinquedo está localizado em um restaurante em Barbacena (MG); a polícia investiga o caso, que aconteceu no último domingo

Créditos: Metrópoles

Reprodução


Uma mulher morreu após cair de uma roda gigante localizada em um restaurante na zona rural de Barbacena, em Minas Gerais. O caso aconteceu no último domingo (17/12) e cerca de 500 pessoas estavam no local. O brinquedo fica em um parque destinado para crianças e tem limite de idade até 10 anos.

A vítima identificada como Maria Aparecida do Carmo Silva, de 49 anos, caiu da roda gigante e colidiu forte contra o chão. Na queda, ela ainda chocou o peito contra uma barra de ferro.

Segundo o Corpo de Bombeiros, após cair a mulher teve uma parada cardiorrespiratória e, apesar das tentativas de reanimação, não resistiu e morreu ainda no local. 

Veja o vídeo do momento da queda:

Investigação

Conforme informações do titular da Delegacia Especializada de Crimes Contra a Pessoa, Alexandre Ramos, uma investigação apura as responsabilidades do proprietário do estabelecimento em relação a alvarás apresentados, assim como uma eventual omissão na fiscalização do brinquedo.

Ainda segundo o delegado, a polícia também apura a responsabilidade do homem que soltou a roda gigante, que era de rotação manual, e fez a vítima cair batendo com o abdômen na estrutura de ferro — causando a morte devido à ruptura de fígado. O prazo para conclusão do inquérito é de 30 dias.

O restaurante

O restaurante onde ocorreu a queda funciona há 9 anos no distrito de Correia de Almeida, zona rural de Barbacena, e tem licença de funcionamento e alvará do Corpo de Bombeiros. De acordo com a corporação, o auto de vistoria do local é válido até 2026, entretanto, não é competência da corporação a avaliação, liberação e fiscalização da roda gigante.

Segundo os bombeiros, é responsabilidade do proprietário com o responsável técnico do local buscar orientação junto ao Crea para poder utilizar com segurança. O órgão, por sua vez, informou que o restaurante deveria ter procurado um engenheiro para a instalação do brinquedo.

À TV Integração, Iury Vieira, um dos proprietários do estabelecimento informou que o brinquedo não tinha licença. “Para esse brinquedo a gente não tem essa licença. Nem para o parquinho, mas a gente tem a vistoria dos bombeiros para tudo, mas para os brinquedos não”, explicou Iury Vieira.

Conforme Iury, os proprietários não visualizaram a tragédia. “Eu estava na loja descarregando mercadoria e meu pai estava no caixa do restaurante. A gente não viu o fato mesmo, dela realmente caindo da roda. Um rapaz estava com ela e me chamou no restaurante. Aí depois vi o fato de que ela tava caindo ao chão”.

Ainda de acordo com o proprietário, além da trava de segurança, o brinquedo apresenta outro dispositivo para evitar quedas, mas ele só funciona para menores.



Receba notícias do Diário Sobralense e fique por dentro de tudo!

Escolha a sua comunidade:
 WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
 Entrar no Grupo
 
TelegramEntre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo

Related

Brasil 4857613188844938238

Destaques da semana

Links indicados

Total de visualizações

Rádio Online ao Vivo

Jornal Paraíso

R DIAS CONSTRUÇÕES

Siga-nos nas nossas redes!

item