Gêmeas siamesas, de 22 anos, contam como é compartilhar a rotina: uma namora e outra é assexual | Diário Sobralense News

Gêmeas siamesas, de 22 anos, contam como é compartilhar a rotina: uma namora e outra é assexual

As gêmeas siamesas mexicanas Lupita e Carmen Andrade, de 22 anos, se mudaram com a família ainda bebês para os Estados Unidos e, atualmente...

As gêmeas siamesas mexicanas Lupita e Carmen Andrade, de 22 anos, se mudaram com a família ainda bebês para os Estados Unidos e, atualmente, residem no estado de Connecticut. 

Créditos: ISTOÉ

As duas, que são ligadas pelo torso e dividem o mesmo sistema reprodutivo, chamam a atenção das pessoas por compartilharem a sua rotina e pelo fato de uma namorar e a outra ser assexuada. As informações são do portal Today Parents.

Reprodução

Resumo:

Carmen está estudando para ser enfermeira veterinária, enquanto Lupita deseja trabalhar como técnica;

Carmen tem um namorado que aceita sua condição e as irmãs decidiram não ter filhos;

As gêmeas têm uma rotina unida, mas também possuem seus próprios dispositivos para fazerem suas próprias coisas e afirmam que uma separação seria muito arriscada.

As irmãs gêmeas possuem dois braços cada uma, mas têm apenas uma duas pernas. Carmen contra a direita e Lupita, a esquerda. “Eu dirijo e Lupita é a encarregada de escolher as músicas e olhar o GPS.”

Na questão profissional, Carmen está na faculdade e pretende ser enfermeira veterinária. Já Lupita deseja trabalhar na mesma área, mas como técnica.

No campo amoroso, Carmen relatou que conheceu o seu namorado, identificado apenas como Daniel, por meio de um aplicativo em outubro de 2020. Ela sempre deixou clara a sua condição e, algumas vezes, recebeu mensagens de rapazes que tinham fetiches em gêmeas siamesas.

“Eu soube logo de cara que Daniel era diferente dos outros, porque ele não começou (a conversar comigo) com uma pergunta sobre a minha condição”, acrescentou Carmen.

Ela ainda ressaltou que a irmã e o namorado têm uma boa relação. “É engraçado porque fico acordada até mais tarde que a Lupita, mas, quando Daniel vai dormir comigo, adormeço rápido e ele fica conversando com ela.”

Ao ser questionada sobre planos para o relacionamento, Carmen afirmou que já conversou com Daniel sobre o noivado e que ambos decidiram não terem filhos. “Eu gosto de ser mãe de cachorro! Lupita e eu não conseguiríamos engravidar, porque temos endometriose e também tomamos bloqueador hormonal, que nos impede de menstruar”, completou.

Rotina

As irmãs afirmaram que não se cansam uma da outra, pois “estamos juntas a vida inteira, não sentimos falta da nossa independência. É tudo o que conhecemos”, relata Carmen.

“Às vezes, no final do dia, estamos exaustas e não queremos conversar. É quando usamos dispositivos diferentes para fazer as nossas próprias coisas. Eu tenho meu laptop para fazer trabalhos escolares e Lupita coloca os fones para ouvir música”, acrescentou.

Em relação ao vestuário, as gêmeas afirmaram que têm o mesmo estilo e que uma vizinha costura as suas roupas desde os cinco anos. “Mas nós tentamos ter nossos próprios looks distintos. Não costumamos deixar o cabelo do mesmo comprimento. Lupita tem um piercing na lateral do nariz, e eu tenho um no septo”, explicou Carmen.

Ao serem questionadas sobre uma possível separação, as irmãs afirmaram que isso é difícil. “Compartilhamos uma corrente sanguínea, um fígado e estruturas internas”, disse Carmen. “Se fizéssemos a cirurgia de separação, qualquer uma de nós poderia morrer ou as duas poderiam morrer. Até poderíamos acabar na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sem nunca mais sair”, finalizou.

Receba notícias do Diário Sobralense pelo Google Notícias | Facebook | Twitter | Telegram

Related

Mundo 7646549361945909400

Destaques da semana

Links indicados

Total de visualizações

Rádio Online ao Vivo

Jornal Paraíso

R DIAS CONSTRUÇÕES

Siga-nos nas nossas redes!

item