Justiça torna réus três acusados de armar bomba perto do Aeroporto de Brasília

O juiz Osvaldo Toavani, da 8ª Vara Criminal do Distrito Federal , aceitou denúncia do Ministério Público contra três acusados de planejar e ...

O juiz Osvaldo Toavani, da 8ª Vara Criminal do Distrito Federal, aceitou denúncia do Ministério Público contra três acusados de planejar e tentar executar a explosão de uma bomba perto do Aeroporto Internacional de Brasília em 24 de dezembro de 2022.

Receba notícias do Diário Sobralense pelo Google Notícias | Facebook | Twitter | Telegram

Reprodução

Foram denunciados Alan Diego dos Santos, Welligton Macedo de Souza e George Washington de Oliveira Sousa, que chegou a ser preso pela Polícia Civil de Brasília.

A decisão é de terça-feira (10), mas estava em sigilo até sexta-feira (13). O juiz levou em conta a confissão feita por George Washington Souza. Ele disse que gastou R$ 170 mil com armas para um possível atentado e acusou Alan Diego dos Santos de ser seu parceiro.

Em caso de condenação, a pena é de três a seis anos de reclusão e multa.

No dia 24 de dezembro de 2022, equipes da Polícia Militar (PMDF) e do Corpo de Bombeiros (CBMDF), com apoio da Polícia Federal (PF) e da Polícia Civil (PCDF), se mobilizaram em área próxima ao Aeroporto de Brasília para desarmar uma bomba com potencial de provocar sérios danos à região.

(Gazeta Brasil)

Related

Brasil 7672638693442843381

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook



Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item