População reclama de atendimento em posto de saúde em Sobral

A principal queixa é a demora para conseguir atendimento. Créditos: Ana Karine / Sistema Paraíso Reprodução O Centro de Saúde da Família do ...

A principal queixa é a demora para conseguir atendimento.

Créditos: Ana Karine / Sistema Paraíso

Reprodução

O Centro de Saúde da Família do Bairro Alto do Cristo tem sido motivo de críticas dos pacientes. Segundo os moradores, o número de médicos é insuficiente para atender a demanda, há muita demora para conseguir atendimento e as consultas são superficiais.

“Eu vim aqui para realizar a consulta de um parente, e o médico solicitou que fizesse uns exames e trouxesse os resultados; avisou que não precisava passar por triagem, e era só trazer a pessoa. Já vim duas vezes e não consegui atendimento, porque tinha muita gente para atender”, disse a confeiteira Silvia Braz que, inclusive, pela manhã, recebeu o pedido para voltar à tarde.

De acordo com a dona de casa, Antônia Silva, ela foi ao posto buscar um encaminhamento para realizar exames, mas não obteve o pedido. “Toda vez que venho aqui, tem essa demora. Às vezes, não tem médico; se pedimos marcação de exame, é outra demora para chegar a data”, disse ela, irritada.

No Centro de Saúde, uma atendente informou que, pela manhã, a demanda de pacientes é maior, e realmente demora, mas que ao longo do dia vai conseguindo direcionar todos os usuários.

Veja também:


O número de médicos, por dia, não foi informado pela profissional; mas de acordo com o relato da comunidade, havia um dentista e um clínico geral naquele horário.

Segundo o regulamento da Secretaria de Saúde de Sobral, divulgado no Eixo de Diretrizes Estratégicas de Atenção À Saúde, umas das metas é garantir, mensalmente, o funcionamento de 100% dos Centros de Saúde da Família (CSF), que aderiram ao Programa Saúde na Hora, com atendimento em horário ampliado.

Também seriam construídos 3 novos equipamentos de saúde, até dezembro de 2025, com recursos municipal e federal. Neste plano, ainda há o objetivo de garantir, anualmente, que até 100% dos encaminhamentos das manifestações dos cidadãos na Ouvidoria Municipal do Sistema Único de Saúde (SUS) sejam atendidos. Mas, segundo os usuários, essa meta não tem sido alcançada.

Receba notícias do Diário Sobralense pelo Google Notícias | Facebook | Twitter | Telegram 

Related

Sobral 7381964406410324651

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook



Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item