Novo vídeo revela o que ocorreu antes da morte de petista

Guarda Municipal fazia festa de 50 anos com temática pró-Lula quando um policial penal federal bolsonarista chegou ao local, discutiu com o ...

Guarda Municipal fazia festa de 50 anos com temática pró-Lula quando um policial penal federal bolsonarista chegou ao local, discutiu com o petista e desferiu vários tiros contra ele.

Autor: DOL

Um crime bárbaro chocou o Brasil na noite do último sábado (9), após um caso de intolerância e violência política tirar a vida de uma pessoa apenas pela sua escolha partidária, em Foz do Iguaçu, no estado do Paraná.

Receba as notícias do Diário Sobralense no seu Telegram

Novo vídeo divulgado revela o que ocorreu antes da morte de petista | Reprodução

Novas imagens capturadas pelas câmeras de segurança externas do local onde ocorria a festa de 50 anos do guarda municipal Marcelo Aloizio de Arruda mostram os minutos que antecederam a tragédia que vitimou o homem, cujo qual fazia aniversário com temática petista e pró-Lula.

No vídeo, é possível ver o policial penal federal Jorge Jose da Rocha Guaranho, apoiador declarado do presidente Jair Bolsonaro (PL), chegando ao local da festa em um carro modelo Hyundai Creta de cor branca.

 Veja também:
O bolsonarista se aproxima do local da festa e aparenta gritar. Já Arruda, o aniversariante, reage e parece atirar pedras no veículo do agressor. Em seguida, Jorge saca a arma e aponta para Marcelo, no entanto, vai embora em seguida. O horário das câmeras de segurança indica que era 23:41.

Exatamente dez minutos depois, às 23:51, o carro de Guaranho retorna ao local. Desta vez, o homem vem com a arma em punho e mirando o revólver para dentro da festa.

Apesar dos pedidos da esposa do petista, que tentava conter o bolsonarista, ele começou a efetuar os disparos, os quais teriam atingido Marcelo de Arruda.

Em seguida, ele invade o local e uma intensa troca de tiros entre os dois é iniciada, pois o guarda municipal também estava armado. Tanto Marcelo como Jorge são atingidos pelos disparos e os dois caem no chão.

O petista não resistiu aos ferimentos e o bolsonarista, de acordo com informações repassadas pela Polícia Civil do Paraná, estaria internado no Hospital Municipal de Foz do Iguaçu.

Marcelo de Arruda era tesoureiro do Partido dos Trabalhadores (PT) em Foz do Iguaçu e chegou a compor uma chapa como candidato a vice-prefeito da cidade nas eleições de 2020. Já Jorge Guaranho se declara publicamente como apoiador de Bolsonaro e de ideais conservadores, além de defender o armamento "como defesa"

VEJA O VÍDEO:

Siga o Diário Sobralense no Google Notícias e acompanhe as notícias do dia em primeira

Related

Brasil 3326749019713814929

Veja também

Destaques da semana

Links indicados

Siga-nos no Telegram

Siga-nos no Facebook

Acompanhe-nos!


Sites Parceiros

GeraLinks - Agregador de links

Sites parceiros

38ba90fa0ec5e1eb24841c49ef10895998492859
item